Para entender o país além do jeitinho brasileiro
PublishNews, Redação, 05/07/2018
Em sua nova obra, Jessé Souza propõe uma nova interpretação do Brasil moderno e desigual

Após o sucesso de A tolice da inteligência brasileira e A elite do atraso, Jesse Souza lança Subcidadania brasileira (LeYa, 288 pp, R$ 44,90). Escrito antes das suas duas obras de maior sucesso, o livro consolida o pensamento do autor. Crítico severo da corrente acadêmica que busca na herança colonial portuguesa e no patrimonialismo – pais do famoso “jeitinho” – as chaves para desvendar todos os males da sociedade brasileira, Jessé afirma que a soma incalculável de privilégios acumulados pelas elites, aliada a um racismo estrutural, são os verdadeiros responsáveis por nossas desigualdades. Esse racismo, considerado por ele implícito e permanente, cria cidadãos de segunda classe e reforça um complexo de vira-lata no brasileiro. Partindo de referências do porte dos sociólogos Pierre Bourdieu e Charles Taylor, Subcidadania brasileira busca explicar esse conceito, quais são os pilares que o sustentam e como ele é utilizado politicamente para perpetuar o abismo social em que vivemos há séculos.

Tags: LeYa, política
[05/07/2018 07:00:00]