Psicóloga sem fronteiras
PublishNews, Redação, 20/12/2017
Em ‘O humano do mundo’, a psicóloga Débora Noal compartilha suas experiências de trabalho no Médicos Sem Fronteiras

Débora percebeu, ainda muito cedo, que a vida pode ser muitas coisas, entre elas, incoerente. Há pessoas que têm muito. E há pessoas que não têm quase nada... ou nada. Como os haitianos, após o terremoto de 2010, os congoleses, que vivem na miséria e sobrevivem a uma guerra civil sem prazo de validade, as milhares de pessoas “presas” nos campos de refugiados da Líbia ou como as mulheres: violentadas em qualquer região do planeta, em qualquer época e em qualquer idade. Débora Noal é psicóloga e decidiu dedicar sua vida, sua escuta e seu afeto àqueles que necessitam. Ela trabalha na organização Médicos Sem Fronteiras e, desde então, já participou de 15 missões. Em O humano do mundo (Astral Cultural, 256 pp, R$ 39,90), ela compartilha seu diário – um companheiro de todas as viagens e um amigo nos momentos de dor, conquistas e alegrias.

[20/12/2017 07:00:00]