Prêmio na Bahia dá reconhecimento a trabalhos literários de alunos de escolas públicas
PublishNews, Redação, 07/11/2017
Prêmio Jorge Amado de Literatura é fruto da parceria entre Prefeitura de Salvador e Plano Municipal do Livro, da Leitura e da Biblioteca da capital baiana

A Secretaria Municipal de Educação de Salvador (BA) divulgou nesta segunda-feira (6) os ganhadores do Prêmio Jorge Amado de Literatura. Fruto de parceria da pasta com o Plano Municipal do Livro, da Leitura e da Biblioteca (PMLLB), a iniciativa estimula o hábito de ler, bem como a produção literária dos alunos da rede municipal matriculados no Ensino Fundamental I e II e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), que concorreram nas categorias poesia, conto, romance, história em quadrinhos e videoclipe.

Na categoria Poesia, a primeira colocada foi Rafaela Ferreira Neves, da Escola Municipal Ilha de Maré, com a obra Uma nação corpo e alma. Em segundo lugar, ficou Sophia Ferreira Barbosa dos Santos, da Escola Municipal Santa Ângela Das Mercês, com a obra Bahia terra de alegria. Marcos Vinícius Santos de Almeida, da Escola Municipal Dr. Orlando Imbassahy, ficou em terceiro lugar, com a obra Tributo a Jorge Amado. Os alunos foram orientados pelos professores Josevaldo Santiago, Adriana Ávila Santos e Cíntia Maria Araújo, respectivamente.

A aluna Raniele de Jesus Ribeiro, da Escola Municipal Beatriz de Farias, foi a vencedora da categoria Conto, com a obra As aventuras de Glória e Bioncê, sob orientação do professor Laedson Carlos Moreira da Silva. Na segunda colocação ficou Maria Clara Barbosa dos Santos, da Escola Municipal Nossa Senhora de Nazaré, com o conto A bela moça dos olhos lindos. Ela foi orientada pela professora Maria Lúcia dos Santos Moreira. A aluna Raianne Andrade de Souza, da Escola Municipal Assistência Social São José, conquistou o terceiro lugar, com a obra A menina com poderes mágicos, sob orientação da professora Daniela Maria Souto de Assis.

Consequências inesperadas é o título da obra literária de Talita do Espírito Santo Brito, aluna da Escola Municipal Professor Manoel Almeida Da Cruz, que foi a grande vencedora do Prêmio Jorge Amado na categoria Romance. A colheita, de Geovanna Santos Correia, da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, conquistou o segundo lugar. A aluna foi orientada pela professora Eliane Souza da Silva Neves. E na terceira colocação, a aluna Leila Maria Barreto Silva, da Escola Municipal Pirajá da Silva, com a obra Jimim, para você, sob orientação do professor João Paulo Bispo.

Na categoria História em Quadrinhos (HQ), os vencedores foram: Leandro Vinicius Argolo Lima Filho, da Escola Municipal de Plataforma, com O poder além do planeta Terra, em primeiro lugar. Os alunos J.J.S., autor de Um recomeço de vida, e P.T.A.S., com a obra A escolha de um guerreiro, ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente. Eles são alunos da Escola Municipal Yves de Roussan e foram orientados pelo professor Bruno Fabrício D’almeida da Silva. 

O primeiro lugar na categoria Videoclipe ficou com o aluno Wenderson Sacramento Silva, da Escola Municipal Antonio Carlos Peixoto Magalhães, com a obra Outro dia, sob orientação da professora Claudia Santos. O segundo colocado foi Samuel Silva Santos, da Escola Municipal Teodoro Sampaio, com a obra Romeu e Julieta em terras baianas, orientado pela professora Ana Claudia Napomuceno Sacramento. E em terceiro lugar, Narciso Guimell Carvalho Lima dos Santos, Escola Municipal Professor Manoel Almeida da Cruz, com o videoclipe Todo mundo pode aprender, orientado pela professora Emília Urpia.

 Aos vencedores de cada categoria serão concedidos prêmios de R$ 4 mil para os primeiros colocados, R$ 3 mil para os vice-campeões e R$ 2 mil para quem chegar em terceiro lugar. A entrega da premiação está prevista para do dia 23 de novembro.

[07/11/2017 11:19:00]