Marina Colasanti ganha prêmio no México
PublishNews, Redação, 11/09/2017
Júri do 13º Prêmio Ibero-americano SM de Literatura Infantil e Juvenil destacou a qualidade literária de Marina e sua trajetória na contribuição para a formação de leitores

Entre os livros de Marina estão 'A jovem tecelã', 'O lobo e o cordeiro' e '23 histórias de um viajante' | © Alessandra Colasanti
Entre os livros de Marina estão 'A jovem tecelã', 'O lobo e o cordeiro' e '23 histórias de um viajante' | © Alessandra Colasanti
O Prêmio Ibero-americano SM de Literatura Infantil e Juvenil anunciou ontem que Marina Colasanti é a ganhadora da sua décima terceira edição. Dentre os motivos citados pelo júri está a qualidade literária de seu trabalho expressada pela rica linguagem poética e a construção de personagens profundos. Além disso, o júri enfatizou o seu domínio pelos vários gêneros literários e sua trajetória iminente como promotora e defensora da literatura infantil e juvenil na América Latina, bem como sua constante contribuição para a formação dos leitores. Para esta edição foram postulados 20 autores, originários de dez países da América Latina (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, México, Portugal e Uruguai). A cerimônia de premiação para o prêmio de U$ 30 mil está marcada para 28 de novembro, durante a Feira Internacional do Livro de Guadalajara. Marina concorre também ao Hans Christian Andersen, cujo ganhador será revelado na Feira do Livro de Bolonha, em março de 2018.

[11/09/2017 19:18:00]