Publicidade
Publicidade
​O livro impresso também é digital!
PublishNews, André Palme, 19/01/2017
Em sua coluna, André Palme elenca seis oportunidades que livreiros, editores e autores podem ter no "universo digital" para ampliar as vendas de livros físicos

E se o universo digital - nossa querida internet - fosse um grande canal de divulgação e de venda de livros físicos? Quando falo de digital, nem sempre estou falando de e-books. Por isso tenho preferido falar sobre o universo digital.

O que é o universo digital? Para que serve?

Este “lugar” nada mais é que a reunião de todas as ferramentas de comunicação e informação da internet: blogs, redes sociais, sites, apps de mensagens, e-commerces, etc.

As pessoas acessam o universo digital o tempo todo para buscar informação, para seu entretenimento, comprar produtos digitais (no nosso caso e-books, audiobooks) e também produtos físicos (neste caso livros impressos).

Ou seja, o universo digital não é só um ambiente para venda de livros e conteúdos digitais, mas também de livros impressos.

As vendas totais do e-commerce no Brasil em 2016, apesar da crise, tiveram um crescimento de 6%, segundo dados da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

Por que o universo digital me ajudaria a vender mais?

Cada vez mais, existe muito conteúdo sendo produzido, que tem origem em diversas fontes: editoras, autores independentes, editoras independentes, etc. Ao mesmo tempo a busca e consumo de conteúdo também cresce, de maneira cada vez mais segmentada (as pessoas buscam por conteúdos de assuntos que lhes interessam).

Para fazer a ponte entre a produção e o consumo de livros impressos, existem os pontos de venda (livrarias, bancas de jornal, pontos de venda alternativos). A questão aqui é que justamente por serem pontos físicos, existe uma limitação – física – de capacidade de colocação e oferta destes livros. Isto acaba por afunilar esta enxurrada de conteúdos produzidos e não consegue – porque seria humana e fisicamente impossível – atender a toda demanda de consumo de conteúdo que se busca.

Não estou dizendo com isso, que os pontos físicos não são um canal importante de venda de produtos.

Mas o universo digital conecta, de maneira mais direta e rápida, quem busca conteúdo (o leitor) com quem produz este conteúdo (seja uma editora ou um autor).

Isto facilita o acesso aos livros, que podem ser digitais ou impressos. Esta conexão direta pode ser feita através das varejistas on-line, dos e-commerce das livrarias e direto pelo site da editora (um dos canais de venda menos utilizados).

Como o universo digital me ajudaria a divulgar melhor?

Além de te ajudar a vender mais, o universo digital pode te ajudar a divulgar melhor seu livro. Sabemos da importância de uma boa exposição do livro na livraria, das pilhas, vitrines, cubos, pontas de gôndola...

O universo digital também tem suas ferramentas de exposição de produtos. Só que nesse caso, ela pode acontecer de várias maneiras e em vários canais, por exemplo:

- no site da própria editora, com um botão de compra direta do livro;

- através do envio de um e-mail marketing, que direciona o cliente para o site de uma livraria;

- através das rede sociais da editora, a partir da criação de uma audiência de leitores e consumidores engajada, ou seja, que acompanha e interage nos canais da editora;

- através de plataformas digitais que unem divulgação e venda, como por exemplo a Book4You;

- através de redes sociais de leitura, como por exemplo o Skoob;

- através de influenciadores digitais literários, também conhecidos como booktubers: blogs e vlogs que divulgam livros, editoras e conteúdos no universo digital.

O processo editorial todo, do início da diagramação e revisão, até os pedidos de venda já acontece, em muito, no universo digital. Você já se perguntou quanto de tudo que é feito na sua editora, todos os processos, rotinas do dia a dia, interações com clientes, divulgação, é feito de maneira digital? Seja ela de maneira local (nos computadores do escritório) ou de forma on-line (conectado a internet).

O universo digital tem uma infinidade de plataformas, oportunidades e caminhos a serem percorridos e que podem alavancar em muito o marketing e a venda de livros impressos. Muitos gratuitos e outros tantos com custos acessíveis a empresas de todos os tamanhos.

E seus livros, são divulgados e vendidos no universo digital?

Aproveite para assistir à entrevista que André concedeu a Pedro Herz, da Livraria Cultura. Nele, Palme e Herz falam sobre as potencialidades e as possibilidades de exploração deste universo digital para a venda e divulgação de livros.

André Palme é empreendedor e apaixonado por livros e tecnologia. Esteve a frente de projetos inovadores de leitura em clientes como SBT, Bienal internacional do Livro de São Paulo, TIM e Movile. É sócio e Head of Brand do #coisadelivreiro, uma empresa de inteligência de negócios dedicada ao mercado editorial. Também integra a comissão do livro digital da CBL e é co-organizador do Congresso Internacional do Livro Digital. Membro do coletivo de editores digitais AED, foi o primeiro embaixador do Business Club da Feira do Livro de Frankfurt no Brasil. É co-fundador do podcast Books n’ Beer e torce para a bateria do celular não acabar nunca.

[19/01/2017 09:46:00]
Publicidade

BR75

A BR75 desenvolve soluções personalizadas de criação e edição de texto, design gráfico para publicações impressas e em outras mídias e coordena sua produção editorial. Cuidamos de todas as etapas, conforme as necessidades e características de seu projeto, e sua empresa ganha em eficiência e qualidade. Quer saber mais? Fale com a gente ou agende uma visita!

Leia também
Em sua coluna, André Palme apresenta o case do livro 'Histórias de gente. Histórias da gente', que saiu com tiragem de mil exemplares, mas, com o digital, alcançou muito mais gente
Palme defende que a decisão da Cosac de picotar seus encalhes não extinguirá o conteúdo produzido pela editora e por fim, questiona: 'E você, se estivesse sentado na cadeira do Charles, o que faria?​'
Palme perfila consumidores que têm entre 20 e 35 anos e questiona: ‘você, produtor de conteúdo, tem uma estratégia para esse público?’
Colaborador do PN desde julho de 2015, André Palme assume coluna questionando: 'será que estamos querendo servir uma feijoada, quando um snack mataria a fome de leitura?'
Para André Palme, evento sobre autopublicação na Casa das Rosas mostra que estamos vivendo uma revolução
Publicidade



O MBA em Book Publishing é uma pós-graduação Lato Sensu, reconhecida pelo MEC. Com realização da Casa Educação e apoio oficial do Publishnews, o curso tem a coordenação pedagógica do Instituto Singularidades. O programa foi elaborado para contemplar as profundas transformações que o mercado editorial vem passando nos últimos anos, sempre com o objetivo de preparar profissionais de forma completa e eclética para atuarem na indústria do livro. O curso já se encontra na terceira turma.

Outras colunas
Todas as sextas-feiras você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
Todas as sextas-feiras você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
Felipe Lindoso esteve no evento literário realizado no interior de Minas Gerais e conta como foi
Em sua coluna, Paulo Tedesco defende que é preciso resistir. "E resistir, no mundo do livro, é o mesmo que fincar pé nas coisas simples e cotidianas, entre elas a defesa da cultura laica e pacífica",
Em sua coluna, Felipe Lindoso fala sobre a Flicristina, festa literária que começa hoje no sul de Minas
O mundo é complexo e é indecifrável, mas temos imensa dificuldade para aceitar isso. A literatura, ao contrário, parte dessa constatação.
José Castello
Crítico literário e escritor brasileiro
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar