Publicidade
Publicidade
2017, tenho fé em você! Ou minha oração de fim de ano
PublishNews, Camila Cabete, 30/11/2016
Camila Cabete usa sua coluna para fazer a sua lista de desejos para 2017

E num é que o ano está acabando? Que ano! Repleto de coisas boas, claro, mas com umas tragédias inexplicáveis, a começar por um golpe de Estado, passando pela caretice consolidada e terminando com um acidente de avião. Tem vezes que só um "PORRA" (desculpa pelo porra, não quero ofender ninguém dizendo porra) é capaz de expressar o que realmente sentimos diante de tamanha distopia.

2017, venha devagarzinho, mas com carinho. Queremos mais eventos como o LER aqui no Rio. Vamos democratizar e divulgar a leitura em todos os formatos. Vamos ouvir a periferia com o projeto maravilhoso Marginow.

Por mais poesia.

Que as pesquisas de leitura mudem e sejam mais realistas (vamos lá, Bíblia é um livro que se lê a vida toda e não dá para entrar na estatística). Que a gente entenda os mais jovens e paremos de impor coisas que eles não compreendem mais, e não tem mais sentido hoje.

Que eu tenha mais empatia para entender os mais idiotas, e que os mais inteligentes tenham mais compreensão comigo. Que os que me acham idiota não queiram a minha morte e que, por mais que eu despreze uma pessoa, nunca pense em matá-la.

Menos preconceito literário e paciência com os diferentes. Mais sustentabilidade para o nosso mercado, afinal viver de compra governamental não é, ou não deveria ser, o sonho de nenhuma empresa. Mais mulheres nos comandos das editoras e livrarias e menos ego. A gente tem um mercado que faz o bem, e dá um orgulho danado trabalhar com livro. Sejamos mais unidos.

Que os teóricos façam e que os operários do livro teorizem mais.

Quero mais tatuagens e também perder uns quilos.

Amém.

Camila Cabete (@camilacabete no Twitter e camilacabete no Snapchat) tem formação clássica em História e foi responsável pelo setor editorial de uma editora técnica, a Ciência Moderna, por alguns anos. Entrou de cabeça no mundo digital ao se tornar responsável pelos setores editorial e comercial da primeira livraria digital do Brasil, a Gato Sabido, além de ser a responsável pelo pós-venda e suporte às editoras e livrarias da Xeriph, a primeira distribuidora de conteúdo digital do Brasil. Foi uma das fundadoras da Caki Books, editora cross-mídia que publica livros em todos os formatos possíveis e imagináveis. Hoje é a Brazil Senior Publisher Relations Manager da Kobo Inc. e possui uma start-up: a Zo Editorial (@ZoEditorial), que se especializa em consultoria para autores e editoras, sempre com foco no digital. Camila vive em um paraíso chamado Camboinhas, com seus gatos pretos Lilica e Bilbo.

O LinkedIn da Camila pode ser acessado aqui.

Sua coluna é um diário de bordo de quem vive 100% do digital no mercado editorial brasileiro. Quinzenalmente, às quintas-feiras, são publicadas novidades, explicações e informações sobre o dia-a-dia do digital, críticas, novos negócios e produtos.

[30/11/2016 08:55:00]
Publicidade

O que você acha de ter todas as despesas pagas para ir à Feira do Livro de Frankfurt este ano? Se você tem até 35 anos, trabalha na indústria editorial e tem uma história de sucesso em sua carreira, você pode ser indicado ou se inscrever no Prêmio Jovens Talentos da Indústria do Livro. O vencedor ganha passagem e estadia para ir a Frankfurt, além de um ingresso VIP para o Business Club da Feira e 500 euros para gastar por lá. Para mais informações, se inscrever ou indicar alguém, veja as instruções aqui.

Leia também
'Não é porque é digital, que é automático': Camila Cabete usa sua coluna para listar algumas ações e alguns cuidados que todos editores de livros digitais deveriam ter
Em artigo, Camila Cabete comenta sobre a decisão do STF de isentar de impostos livros e leitores digitais
Em sua coluna, Camila Cabete faz uma DR com o livro digital e propõe: 'Amo nossa rotina, mas precisamos dar uma apimentada na nossa relação. Acho que temos que viver novas experiências...'
Em sua coluna, Camila Cabete resgata a sua própria história para concluir: 'quem resolve o que é bom e o que quer ler é o leitor'
Em sua coluna dessa semana, Camila Cabete fala sobre como falhou nas vezes em que tentou fazer consultoria na área do livro digital a editores e autores
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Junto com a equipe do PublishNews na Flip, Estevão Ribeiro criou ao vivo uma tirinha especial dos passarinhos
Toda semana você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
Para Silvio Alexandre, o FIQ é um dos grandes responsáveis pela atual situação do mercado brasileiro que passa por uma fase muito boa em termos de vendas e maturidade criatividade
Nosso colunista Julio Silveira esteve no Festival de Literatura-Mundo na ilha do Sal, em Cabo Verde. De volta ao Brasil, ele conta o que viu por lá.
Não escolhi a literatura infantil; foi ela quem me escolheu.
Ruth Rocha
Escritora brasileira
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar