Publicidade
Publicidade
2017, tenho fé em você! Ou minha oração de fim de ano
PublishNews, Camila Cabete, 30/11/2016
Camila Cabete usa sua coluna para fazer a sua lista de desejos para 2017

E num é que o ano está acabando? Que ano! Repleto de coisas boas, claro, mas com umas tragédias inexplicáveis, a começar por um golpe de Estado, passando pela caretice consolidada e terminando com um acidente de avião. Tem vezes que só um "PORRA" (desculpa pelo porra, não quero ofender ninguém dizendo porra) é capaz de expressar o que realmente sentimos diante de tamanha distopia.

2017, venha devagarzinho, mas com carinho. Queremos mais eventos como o LER aqui no Rio. Vamos democratizar e divulgar a leitura em todos os formatos. Vamos ouvir a periferia com o projeto maravilhoso Marginow.

Por mais poesia.

Que as pesquisas de leitura mudem e sejam mais realistas (vamos lá, Bíblia é um livro que se lê a vida toda e não dá para entrar na estatística). Que a gente entenda os mais jovens e paremos de impor coisas que eles não compreendem mais, e não tem mais sentido hoje.

Que eu tenha mais empatia para entender os mais idiotas, e que os mais inteligentes tenham mais compreensão comigo. Que os que me acham idiota não queiram a minha morte e que, por mais que eu despreze uma pessoa, nunca pense em matá-la.

Menos preconceito literário e paciência com os diferentes. Mais sustentabilidade para o nosso mercado, afinal viver de compra governamental não é, ou não deveria ser, o sonho de nenhuma empresa. Mais mulheres nos comandos das editoras e livrarias e menos ego. A gente tem um mercado que faz o bem, e dá um orgulho danado trabalhar com livro. Sejamos mais unidos.

Que os teóricos façam e que os operários do livro teorizem mais.

Quero mais tatuagens e também perder uns quilos.

Amém.

Camila Cabete (@camilacabete no Twitter e camilacabete no Snapchat) tem formação clássica em História e foi responsável pelo setor editorial de uma editora técnica, a Ciência Moderna, por alguns anos. Entrou de cabeça no mundo digital ao se tornar responsável pelos setores editorial e comercial da primeira livraria digital do Brasil, a Gato Sabido, além de ser a responsável pelo pós-venda e suporte às editoras e livrarias da Xeriph, a primeira distribuidora de conteúdo digital do Brasil. Foi uma das fundadoras da Caki Books, editora cross-mídia que publica livros em todos os formatos possíveis e imagináveis. Hoje é a Brazil Senior Publisher Relations Manager da Kobo Inc. e possui uma start-up: a Zo Editorial (@ZoEditorial), que se especializa em consultoria para autores e editoras, sempre com foco no digital. Camila vive em um paraíso chamado Camboinhas, com seus gatos pretos Lilica e Bilbo.

O LinkedIn da Camila pode ser acessado aqui.

Sua coluna é um diário de bordo de quem vive 100% do digital no mercado editorial brasileiro. Quinzenalmente, às quintas-feiras, são publicadas novidades, explicações e informações sobre o dia-a-dia do digital, críticas, novos negócios e produtos.

[30/11/2016 08:55:00]
Publicidade

BR75

A BR75 desenvolve soluções personalizadas de criação e edição de texto, design gráfico para publicações impressas e em outras mídias e coordena sua produção editorial. Cuidamos de todas as etapas, conforme as necessidades e características de seu projeto, e sua empresa ganha em eficiência e qualidade. Quer saber mais? Fale com a gente ou agende uma visita!

Leia também
'Onde encaixaríamos o material didático na realidade que os alunos vivem hoje? O material didático deveria ser fluido, mutável.... como a web', defende Camila Cabete na sua coluna de hoje
Camila Cabete é curta e grossa na sua coluna de hoje: colocar seus e-books numa única loja é 'uma atitude limitante e nada sustentável'
Nessa semana, Camila Cabete, a nossa colunista judoca, fala sobre competição: 'se alguma livraria digital vender muito, a gente vai acabar dividindo este mercado. É só fazer a lição de casa'.
Camila Cabete faz o seu balanço da Flip, que acabou no último domingo
'Não é porque é digital, que é automático': Camila Cabete usa sua coluna para listar algumas ações e alguns cuidados que todos editores de livros digitais deveriam ter
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Continuando o papo da série Marketing Digital e Outras Coisitas Mais, no seu quarto artigo, Palme fala sobre redes sociais, sites e apps
Toda semana você confere uma nova tira dos passarinhos Hector e Afonso
No terceiro artigo da série Marketing e outras coisitas mais, André Palme fala sobre a importância da estratégia e do planejamento numa campanha de marketing
Em seu artigo, Paulo Tedesco fala sobre doar livros ou não pagar autores. "Paguem pelos livros e deem cachês decentes aos autores",
Em sua coluna, Marcio Coelho relembra o primeiro Congresso do Livro Digital para concluir: tem espaço para todo mundo. Leitores não faltam, basta publicar para eles.
Lemos aquilo de que precisamos. Há quase uma força obscura que nos guia para determinado livro.
Anais Nin
Escritora francesa
(1903 – 1977)
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar