Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 15/09/2016
Somos uma agência com experiência no mercado editorial e especializada em assessoria de imprensa e na produção de eventos destinados à conexão entre profissionais de diversas áreas.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
Adaptamos seu valioso conteúdo para o universo digital com tecnologia de nível mundial. Na Hondana, o seu conteúdo é tratado da maneira que merece.
PublishNews, Talita Facchini, 15/09/2016

Jacques Fux | © DivulgaçãoRealizado pela Fundação SM, o Prêmio Literário Barco a Vapor de Literatura Infantil e Juvenil, que tem como objetivo revelar novos autores e estimular a criação literária nacional, revelou nessa quarta-feira (14) os finalistas da sua 12ª edição: A coisa brutamontes, de Renata Penzani; As andanças do Sapato Serafim, de June Saraiva Meireles; Cachorrada, de João Basílio Costa e Paula; Deslumbres e assombros de uma jornada fabulosa , de Lucas Carvalho; João e o Vulcão Verde, de Guilherme Semionato Silva Alves; 11 trabalhos de Borges, de Jacques Fux; Operação parquinho, de Stella Hadassa Ferreira França; Os filhos do deserto combatem na solidão, de Lourenço Cazarré; Os pescadores de nuvens, de Ana do Vale Lázaro, e Texting - vale o escrito, de Ricardo Hofstetter. Na edição passada, o prêmio consagrou O vento de Olab, de João Luiz Guimarães. O vencedor deste ano, que levará para casa um prêmio no valor de R$ 40 mil, será conhecido no dia 27.

PublishNews, Leonardo Neto, 15/09/2016

O italiano Roberto Parmeggiani abriu a quinta edição do Fliaraxá | © Daniel Biachini“Você tem mais brasilidade do que eu”. Com essa frase, Roberto Parmeggiani, escritor italiano que morou em São Paulo e abriu a quinta edição da Fliaraxá, foi abordado por uma espectadora do festival que acontece até o próximo domingo, na cidade mineira de Araxá. Na sua emocionante conferência de abertura, Parmeggiani fez um “apelo ao amor” ao falar da sua relação com o Brasil. “Eu conhecia o Brasil pelos estereótipos. Até que, na universidade, eu encontrei um mestre, um libertador, diria. Paulo (Freire) me mostrou que, virando a cabeça para baixo, você pode ver o mundo do outro lado. Efetivamente, o Brasil está do lado oposto do mundo, mas esta é uma questão de perspectiva. Graças a ele, conheci um Brasil diferente, escondido, real”, disse emocionando a plateia que o aplaudiu calorosamente. Clique no Leia Mais, saiba mais sobre a abertura do Fliaraxá e tenha acesso ao discurso de abertura de Parmeggiani.

PublishNews, Talita Facchini, 15/09/2016

O maior site de financiamento coletivo do mundo, que busca apoiar projetos inovadores virou também uma das maiores potencias na publicação de livros. De acordo com matéria publicada pelo jornal britânico The Guardian, a plataforma que dá às pessoas que querem produzir livros a oportunidade de ter contato todos que quiserem apoiar seus projetos, teve 2.967 projetos literários publicados em 2015. Com esse número, o site de crowdfunding ganhou lugar entre as “Big Four”, as quatro maiores editoras americanas: Penguin Random House, Harper Collins, Hachette and Simon and Schuster. Em entrevista ao The Guardian, a publisher da Kickstarter, Margot Atwell, disse que o site não substitui o papel do editor, do publicitário ou da editora e que é "apenas mais uma ferramenta que um autor ou editor pode usar para se conectar com os leitores e espalhar seu livro”. O sucesso da Kickstarter se dá em parte, pelos livros em quadrinhos que apresentam 13% dos projetos de sucesso e segundo Atwell, a maneira invertida de se fazer publicidade, trocando o modo tradicional pelo dinâmico.

PublishNews, Susanna Florissi, 15/09/2016

Susanna Florissi | © DivulgaçãoEm abril de 2015, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) instituiu uma nova frente de trabalho. Trata-se da Comissão para a Promoção de Conteúdo em Língua Portuguesa (CPCLP). E de onde surgiu a ideia? Após 30 anos trabalhando em prol da Língua Portuguesa, em especial de seu ensino a estrangeiros, e estudiosa e conhecedora que sou do seu poder econômico, achei importante consolidar, em uma Comissão, possíveis iniciativas que contribuam para alargar o mercado de distribuição de conteúdo na nossa língua tanto no Brasil quanto no exterior. Nestes primeiros anos de trabalho, estamos realizando reuniões mensais com a finalidade de consolidarmos a existência da CPCLP e de organizarmos com solidez nossas frentes de trabalho que, resumidamente, se baseiam em três pilares: 1. a valorização da Língua Portuguesa no Brasil; 2. a internacionalização do nosso conhecimento, da nossa literatura e da nossa cultura, em especial nos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e 3. a aproximação da CBL aos demais segmentos da economia criativa brasileira. Clique no Leia Mais e conheça melhor a CPCLP.

PublishNews, Talita Facchini, 15/09/2016

Digitalizar livros é um processo que leva algum tempo, agora imagine poder fazer isso de maneira muito mais rápida e sem precisar sequer abrir o livro. A revista Nature Communications apresentou uma tecnologia desenvolvida por pesquisadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT) que permite digitalizar livros sem precisar escanear página por página. O processo, que pode ser conferido nesse vídeo, utiliza radiação tetrahertz, que passa através do papel e com uma câmera superpotente que separa as páginas em apenas 20 micrômetros, os pesquisadores conseguem olhar para pequenos objetos e detectar o que está escrito. Até agora, a tecnologia permite ler apenas nove páginas de um livro fechado, mas os pesquisadores do MIT, que assumiram a missão de “tornar o invisível visível”, estão trabalhando para que futuramente a tecnologia ajude pesquisadores a inspecionar e estudar documentos antigos e ajude o trabalho de arquivistas e bibliotecários.

PublishNews, Redação, 15/09/2016

Maria Amélia, à direita, ao lado de Waldir Martins Fontes, fundador da Livraria e Editora Martins Fontes | acervo da famíliaMorreu, em São Paulo, na última quarta-feira (14), Maria Amélia Rosmaninho Esperança, que nos últimos 43 anos trabalhou com a família Martins Fontes. Ela trabalhou nas empresas da família desde o início da década de 1970, inicialmente ao lado de Waldir Martins Fontes, fundador da livraria, e, desde a morte de Waldir, em 2000, ao lado de Evandro Martins Fontes. “Maria Amélia ajudou a colocar a Martins Fontes em pé. Não creio que nenhuma outra pessoa terá se dedicado tão intensamente à empresa. Ela era a própria camisa da Martins Fontes. Veio para São Paulo com o meu pai em 1973. Cuidou do contas a pagar, do financeiro, da contabilidade, dos pagamentos de royalties, importações, e, nos últimos anos, foi secretária da diretoria. Perdemos um membro nobre da nossa família”, lamentou Evandro. Maria Amélia será enterrada nesta quinta-feira (15), às 16h, no Cemitério Municipal do Centro de Itanhaém (Av. Rui Barbosa, 465), sua cidade natal.

PublishNews, Redação, 15/09/2016

A diretoria da União Brasileira de Escritores (UBE) e seus mais de 30 associados, indicaram por unanimidade o autor e historiador Luiz Bernardo Pericás ao Prêmio Intelectual do Ano – Troféu Juca Pato, edição 2016. Pericás foi indicado ao prêmio por sua mais recente obra, Caio Prado Júnior: uma biografia política (Boitempo), aclamada pela crítica e academia. Criado em 1962, o Juca Pato já foi atribuído a alguns dos maiores pensadores e escritores brasileiros, como Erico Verissimo, Jorge Amado, Sérgio Buarque de Holanda, Carlos Drummond de Andrade, Lygia Fagundes Telles, entre outros. Pericás integra a programação da Primavera Literária, que será realizada pela Liga Brasileira dos Editores (Libre), na próxima semana em Salvador.

PublishNews, Redação, 15/09/2016

A historiadora Denise Bernuzzi de Sant'Anna lança hoje (15), o livro Gordos, magros e obesos – Uma história do peso no Brasil (Estação Liberdade). A obra é resultado de pesquisas feitas pela autora sobre as mudanças que a relação do brasileiro com seu corpo sofreu em tempos passados e recentes. A gordura e a magreza deixaram de ser características corporais e passaram a ser condições que devem ser quantificadas e administradas com rigor em nome da saúde e do bem-estar. O lançamento acontece das 18h30 às 21h, na Livraria da Vila (Rua Fradique Coutinho, 915 - São Paulo / SP). A partir das 20h, Denise Bernuzzi de Sant’Anna e Eliane Robert Moraes comandarão o debate Uma história de peso no Brasil, sobre os temas explorados no livro.

“A diversidade no Brasil não é uma opção, é um jeito de ser, o único”
Roberto Parmeggiani
Escritor italiano durante a cerimônia de abertura da Fliaraxá 2016
1.
Tá gravando. E agora?
2.
O diário de Larissa Manoela
3.
Orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares
4.
Como eu era antes de você
5.
Por que fazemos o que fazemos?
6.
Depois de você
7.
AuthenticGames - A batalha da torre
8.
Ansiedade 2 – Autocontrole
9.
Ansiedade - Como enfrentar o mal do século
10.
Lava Jato
 
PublishNews, Redação, 15/09/2016

Ibraíma Dafonte Tavares | © DivulgaçãoDepois de conduzir ainda este mês um curso à distância, a editora, tradutora e revisora Ibraíma Dafonte Tavares ministra o curso presencial Gramática para preparadores e revisores de texto, mais uma vez oferecido pela Universidade do Livro (Praça da Sé, 108, Centro - São Paulo / SP). As aulas que acontecem, do dia 20 a 23 de setembro, das 18h30 às 21h30, visam discutir os problemas gramaticais mais frequentes na produção, preparação e revisão de textos editoriais de ficção e não ficção e solucioná-los de acordo com a norma, o contexto e o manual de estilo adotado pelas editoras.

PublishNews, Redação, 15/09/2016

Silviano Santiago participa do projeto 'Um escritor na biblioteca' | © DivulgaçãoA Biblioteca Pública do Paraná (BPP) dá início a mais uma temporada do projeto Um escritor na biblioteca, projeto realizado em 1980 e que já contou com a participação de escritores como Paulo Leminski, Ignácio de Loyola Brandão, Fernando Morais, entre outros. Retomado em 2011 com o objetivo de reafirmar o papel da biblioteca na formação de novos leitores, o projeto recebe o escritor Silviano Santiago para um encontro no próximo dia 21, no auditório Paul Garfunkel da BPP (Rua Cândido Lopes, 133 – Curitiba / PR), às 19h30. Durante o bate-papo, Silviano falará, entre outros assuntos, sobre sua carreira e sua relação com os livros e as bibliotecas. A mediação do encontro será feita pelo jornalista e escritor Luís Henrique Pellanda.

PublishNews, Redação, 15/09/2016

A sorveteria Ben & Jerry’s (Rua Oscar Freire, 957, Cerqueira César - São Paulo / SP) preparou uma promoção para “alimentar a imaginação com livros”. Até essa sexta (16), quem doar um livro para a biblioteca instalada na loja da sorveteria em SP ganha um potinho de sorvete.

PublishNews, Redação, 15/09/2016

A coordenadora do curso de Pedagogia, Cristina Máximo, em conjunto com os alunos e professores da Universidade Anhanguera de Santana (Av. Braz Leme, 3029, Santana - São Paulo / SP), organizam neste sábado (17), das 9h às 13h, a Feira da troca do livro e brinquedo. O evento visa fomentar a responsabilidade social dos estudantes e da região. Além da oportunidade de permutar livros e brinquedos, a comunidade participará das diversas oficinas que acontecerão no local, como contação de histórias, pintura facial, desenhos e brincadeiras. As crianças e visitantes deverão levar brinquedos e livros para a atividade, e poderão efetuar a troca por apenas um objeto. Os demais produtos serão enviados para a ONG Clownáticos.

PublishNews, Redação, 14/09/2016

Para estimular o questionamento sobre sustentabilidade, a produção e difusão do conhecimento e de práticas sustentáveis, a Editora Horizonte realiza o concurso Sustentabilidade para além do 5 R´s. Estudantes, pesquisadores e simpatizantes no assunto poderão mandar seus textos até o dia 30 de novembro para o e-mail concurso@editorahorizonte.com.br e curtir a página da Horizonte no Facebook. Os textos deverão seguir os seguintes temas: gestão pública e privada, produção industrial, dia a dia, juventude e crianças. Os resultados serão divulgados no dia 31 de dezembro no site da editora e os vencedores terão seus textos publicados em um livro na versão física e digital.

PublishNews, Redação, 15/09/2016

Boa noite (Galera Record, 240 pp, R$ 29,90), primeiro romance da booktuber Pam Gonçalves, conta a história de Alina, uma jovem de 18 anos que passou a adolescência sendo uma menina exemplar. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando a garota decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença e de uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa.

PublishNews, Redação, 15/09/2016

Há várias semanas na lista dos mais vendidos, a série 'A garota do calendário', da autora Audrey Carlan, que foi um dos destaques da última Bienal de SP, lança mais um livro para a coleção. Em A garota do calendário – Agosto (Verus / Record, 160 pp, R$ 19,90), Mia Sanders continua sua saga para conseguir pagar a dívida de 1 milhão de dólares para que um agiota pare de ameaçar seu pai por causa de uma dívida de jogo. Parar isso, a garota decide trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade, com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser. Agosto virá com uma tarefa diferente para Mia: ir a Dallas fingir ser irmã do jovem magnata e caubói Max. Mia sabe que sua contratação tem a ver com os negócios de Max, mas nunca poderia imaginar o que está prestes a acontecer.

PublishNews, Redação, 15/09/2016

Em seu romance de estreia, a autora Rebecca Walker fala sobre uma história de amor atemporal e improvável. Casa de palavras (Casa da Palavra / LeYa, 160 pp, R$ 29,90 – Trad.: Daniela P. B. Dias) conta a história de Farida, uma jovem universitária que durante uma viagem pela África se apaixona por Adé, um jovem muçulmano. Quando a jovem deixa seus planos para trás e decide ficar numa ilha perdida na Costa do Quênia para viver essa paixão, o mundo a sua volta, no entanto, fará seus sonhos desmoronarem. O casal que teve que aprender uma linguagem para se comunicar, também aprende junto que nem sempre o amor tem as armas necessárias para lutar contra a realidade. Em meio às barreiras criadas por diferenças culturais, religiosas e políticas, eles verão ameaçado o sonho de uma vida juntos e terão de se perguntar até que ponto vale a pena lutar por esse amor.

PublishNews, Redação, 15/09/2016

Um misterioso carregamento de livros eróticos é apreendido na alfândega do Rio de Janeiro e um homem é encontrado morto em Lisboa dentro de um barril. Diante destes dois fatos, Érico, um soldado brasileiro, é enviado a Londres para tentar juntar as pontas desse enigma. Homens elegantes (Rocco, 576 pp, R$ 54,90), novo romance de Samir Machado de Machado, é repleto de ação, intrigas e uma visita ao ambiente da alta sociedade londrina do século 18. Dividido em três atos, o texto se destaca pelo detalhamento dos costumes da época. Código de vestimenta, gestuais, tipos de carruagem, mercado livreiro entre outros. Homens elegantes leva o leitor a uma legítima aventura de capa e espada, com direito a duelos e perseguições a cavalo, apimentada pela literatura pornográfica iluminista e pelo universo homossexual do século XVIII.

PublishNews, Redação, 15/09/2016

Em Quando o amor triunfa (Boa Nova, 432 pp, R$ 39,90), a autora Giseti Marques Teodoro leva o leitor para a França do século XIX. Em meio à tumultuosa onda de revolta que se levantava no país com o surgimento de uma iminente revolução, o duque Cédric Lefevre, oficial do exército francês, homem duro de coração e com um passado sofrido, depara-se com um sentimento que, para ele, até então era desconhecido. Ao ver Charlotte, uma linda jovem bem diferente das moças da época, o nobre sente seu mundo abalado pelo que agora clama seu coração. Contudo, um acontecimento inesperado trará de volta a amarga realidade à vida do nobre. Como vencer o orgulho? Como aceitar que a vida nem sempre tem as cores com as quais a pintamos? Intriga, ódio, vingança – esses são alguns dos obstáculos com os quais os personagens deste livro vão se deparar. Para auxiliar nos contratempos, no entanto, está um sábio espírito na figura de uma criança: Henry, o deficiente e doce irmão de Charlotte, traz a reflexão a todos os que o rodeiam com seus exemplos – atitudes que podem transformar uma existência.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.