Publicidade
Publicidade
Lista de Mais Vendidos de Não ficção de 29/08/2016 a 04/09/2016
Livros
1
8.775
Tá gravando. E agora?
Kéfera Buchmann
Paralela
2
2.655
Lava Jato
Vladimir Netto
Primeira Pessoa
3
2.245
O diário secreto
Gusta Stockler
Verus
4
2.026
Felicidade ou morte
Clóvis de Barros Filho / Leandro Karnal
Papirus 7 mares
5
1.979
Minha vida antes do invento na hora
Lucas Lira
Outro Planeta
6
1.899
Filosofia para corajosos
Luiz Felipe Ponde
Planeta do Brasil
7
1.689
Verdades e mentiras
Mario Sergio Cortella / Gilberto Dimenstein / Leandro Karnal / Luiz Felipe Pondé
Papirus 7 mares
8
1.598
É do babado!
Evelyn Regly
Astral Cultural
9
1.551
O diário de Anne Frank
Mirjam Pressler / Otto H. Frank
Record
10
1.293
Muito mais que 5inco minutos
Kéfera Buchmann
Paralela
11
949
O nome de Deus é misericórdia
Andrea Tornielli / Papa Francisco
Planeta do Brasil
12
839
Trópicos utópicos
Eduardo Giannetti
Companhia das Letras
13
816
Sócrates & Casagrande
Casagrande / Gilvan Ribeiro
Globo Livros
14
667
Destrua este diário
Keri Smith
Intrínseca
15
659
O papai é pop
Marcos Piangers
Belas-Letras
16
617
Muito amor, por favor
Arthur Aguiar / Frederico Elboni / Ique Carvalho / Matheus Rocha
Sextante
17
566
A radiografia do golpe
Jessé Souza
LeYa
18
560
Tá todo mundo mal
Jout Jout
Companhia das Letras
19
558
O que tem na geladeira?
Rita Lobo
Panelinha
20
533
A mamãe é rock
Ana Cardoso
Belas-Letras
Período de apuração: 29/08/2016 a 04/09/2016
Data de publicação: 09/09/2016
Metodologia
O ranking de livros mais vendidos é elaborado a partir da soma simples das vendas de todas as livrarias consultadas (ver quadro ao lado). Os números e gráficos aqui apresentados refletem justamente esta soma. Trata-se, portanto, de uma amostra e não do universo da venda de livros no Brasil. Como as livrarias mandam no máximo listas com os 20 livros mais vendidos em cada categoria, as posições finais da lista, a partir do 15º lugar, apresentam uma maior margem de erro.

Cada título é considerado em apenas uma categoria. Por exemplo, os livros de negócio e autoajuda não são considerados na lista de não ficção. Além disso, cada edição de uma obra é considerada individualmente. Livros em domínio público, com diversas edições com ISBNs diferentes em editoras diversas não têm suas vendas somadas.

O ranking de editoras é resultado do número de títulos que cada editora ou selo coloca na lista e não reflete a quantidade de livros vendidos. No caso dos rankings mensal e anual, a contagem é feita pelo número total de títulos que apareceram em quaisquer das listas semanais durante o período em questão, e não pela quantidade de livros nas listas consolidadas mensais ou anual. Ou seja, a editora com mais títulos em listas semanais será a líder do ranking.
Na terra de Borges e Cortázar, cobram-me romances. Como se o conto fosse um gênero menor.
Samanta Schweblin
Escritora argentina
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar