Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 25/06/2018
Gráfica digital para pequenas tiragens e POD (Print On demand). Pronta para atender às necessidades de prazos curtos, possui estrutura de impressão digital e logística com qualidade e preços.
A Bookmarks é uma empresa que oferece soluções editoriais para autores e editoras. Desenvolve projetos gráficos de capas de livros, artes para brindes, marcadores, criamos e desenvolve sites e faz diagramação de livros impressos e digitais.
Capista de livros. Há mais de 20 anos desenvolve trabalhos gráficos para os mais variados setores. Só paga se for usar a capa.
PublishNews, Redação, 25/06/2018

Ricardo Costa, CEO da Metabooks, junto com a equipe do PublishNews na gravação do nosso podcast semanal A parceria entre o PublishNews e Frankfurt já é antiga. E um dos momentos em que ela se torna mais evidente é na Flip (25 a 29/07). Desde 2016, a Metabooks e a Feira do Livro de Frankfurt estão presentes na Casa PublishNews e, nesse ano, não será diferente. A plataforma de metadados irmã da feira do livro mais importante no mundo estará em Paraty mostrando a importância que a gestão de metadados tem para editoras. O Podcast do PublishNews recebeu Ricardo Costa, CEO da Metabooks, para que ele pudesse contar um pouco sobre as expectativas para essa terceira vez conosco em Paraty. “Para nós é um ponto de encontro muito importante, um marco para o mercado”, disse no papo que teve com a equipe do PN. “Nosso foco na casa vai ser mostrar como nós podemos ajudar o mercado a ser mais eficiente, ter resultados melhores e na prática reduzir custos e aumentar ganhos”, completou. O CEO participa, na quinta-feira (26), às 11h30, da mesa Quer vender mais livros? Pergunte-me como – os metadados podem te ajudar a chegar lá, ao lado de Camila Cabete (Kobo) e Ricardo Garrido (Amazon). A mesa terá mediação de Bruno Mendes (#coisadelivreiro). A Feira do Livro de Frankfurt também estará representada na Casa. Marifé Boix Garcia, vice-presidente da Feira, comenta a respeito das expectativas para esse ano: “a participação na Flip oferece a possibilidade de encontro com diferentes pessoas do mercado. É a chance que temos para falar sobre projetos atuais de maneira mais relaxada”. Marifé participa da mesa Livros que viajam: a internacionalização da literatura brasileira, na sexta-feira (27), às 14h. Clique no Leia Mais e confira mais detalhes da Casa.

PublishNews, Redação, 25/06/2018

Nas redes sociais, uma imagem no mínimo insólita chamou a atenção de alguns dos nossos assinantes. É que na quinta-feira passada (21), duas notícias -- aparentemente contraditórias -- estamparam lado a lado a home do PublishNews. Numa, a Nielsen apontava que o varejo de livros apresentava crescimento no mês de maio e na outra, a GfK mostrava que ele caiu no mesmo mês de maio. Esse assunto abriu o Podcast PublishNews dessa semana. Leonardo Neto, nosso editor, explica no programa os porquês dessas diferenças. Embora usem mais ou menos a mesma base de dados, os dois institutos de pesquisa têm metodologias diferentes, por isso, chegam a resultados diferentes. O Podcast recebeu ainda Ricardo Costa, CEO da Metabooks, para falar um pouco sobre a participação da empresa na Casa PublishNews em Paraty. E nossa equipe comentou ainda sobre a 20ª edição do Salão da FNLIJ, sobre o posicionamento da CBL a respeito da polêmica do Jabuti e, claro, sobre os livros mais vendidos da semana. Clique no Leia Mais para ouvir o programa.

PublishNews, Redação, 25/06/2018

Em sua terceira edição, o Prêmio Rio de Literatura divulgou seus finalistas no fim da semana passada. Ao todo, o prêmio recebeu 464 inscrições e irá premiar com R$ 100 mil o melhor livro do ano na categoria Prosa de Ficção, Ensaio e na categoria Poesia, novidade desta edição. Além disso, o prêmio irá eleger novamente, na categoria Novo Autor Fluminense, os melhores autores nascidos ou residentes no estado. Dentre os finalistas da categoria Ensaio, aparecem nomes como Eugênio Bucci, autor da obra A forma bruta dos protestos; Lira Neto, com Uma história do samba: As origens e Lilia Moritz Schwarcz, com Lima Barreto – Triste Visionário, todos publicados pela Companhia das Letras. Em Prosa de Ficção, estão entre os finalistas Joca R. Terron, autor de Noite dentro da noite; Sérgio Sant´Anna, com Anjo noturno e Silviano Santiago, com a obra Machado, também todos publicados pela Companhia das Letras. Já em poesia, concorrem nomes como Carlito Azevedo, com O livro das postagens (7Letras); Elisa Lucinda, com Vozes Guardadas (Record) e Marcus Vinicius Quiroga, autor da obra Álbum branco duplo (Kelps). Os vencedores serão conhecidos em setembro. Para conferir a lista completa, clique aqui

PublishNews, Redação, 25/06/2018

A Casa Educação (Rua Paulistânia, 551 - São Paulo / SP) abriu inscrições para o seu mais novo MBA em Edição de Livros didáticos e Sistema de ensino. Com uma abordagem prática, o curso pretende reproduzir o processo editorial da maneira mais verdadeira possível desde a profunda análise setorial até a publicação. O programa foi elaborado para contemplar as enormes transformações que o mercado editorial vem sofrendo nos últimos anos e pretende preparar os alunos para os desafios de editar didáticos hoje em dia. O MBA conta com três objetivos centrais: Conhecer o mercado de publicações de livros textos para educação básica; estruturar uma solução educacional para o mercado de educação básica; e conhecer e aplicar os processos de edição de livros didáticos e sistema de ensino. As aulas em formato presencial começam em outubro e serão coordenadas por Lauri Cericato e Jiro Takahashi.

PublishNews, Redação, 25/06/2018

Na Painel das Letras, o destaque foi para o prelo da 34 que prepara a primeira antologia do poeta português Manuel António Pina no Brasil. O volume, organizado por Leonardo Gandolfi, deve sair em novembro. A coluna conta ainda que a 34 publicará em breve Humilhados e ofendidos, de Dostoiévski. A nova edição ganha tradução de Fátima Bianchi. Outra notícia da Painel das Letras é que um levantamento da Nielsen aponta que houve um crescimento sólido nas vendas de livros de terror. De 2016 a 2018, o número de exemplares comercializados saltou 17% e 18% a cada ano. A Babel dessa semana destacou a iniciativa da Nova Fronteira de reunir em dois boxes livros escritos por “grandes escritoras” das literaturas inglesa e francesa. Os volumes que estarão à venda exclusivamente pela Saraiva reunirão nomes como Jane Austen, Virginia Woolf, Marguerite Duras e Simone de Beauvoir. A coluna adianta ainda que a DarkSide tem no seu prelo o livro Inferior – How science got women wrong – And the new research that’s rewriting the story, de Angela Saini e que a Panda Books prepara Tem lugar aí para mim?, livro juvenil de Fátima Mesquita e ilustrado por Fábio Sgroi que fala sobre direitos humanos e respeito à diversidade. N’O Globo, o destaque foi para o diário de Myriam Rawick, a menina síria de 13 anos comparada a Anne Frank. O seu livro, escrito em parceria com o jornalista Philippe Lobjois (que virá ao Brasil em breve), é publicado pela DarkSide. Já o "coleguinha" Ancelmo Gois contou na sua coluna que o livro Os monólogos da vagina, de Eve Ensler, terá edição comemorativa pelos seus 20 anos. O livro sai pela Globo. Ele conta ainda que a Rocco prepara o relançamento de sete títulos do jornalista Tom Wolfe morto em maio passado. Ainda no diário carioca, Lauro Jardim adiantou que a Todavia comprou dos direitos de trilogia da canadense Rachel Cusk.

PublishNews, Redação, 25/06/2018

Como se já não fosse grande o suficiente, a Feira do Livro de Frankfurt (10 a 14/10) inaugura este ano um novo pavilhão. O novo espaço foi criado para receber apresentações de eventos literários, cerimônias de premiação, leitura de livros, painéis de discussão, apresentações musicais e até eventos culinários. Projetado pela empresa de arquitetura schneider + schumacher, o espaço conta com 300 lugares e é uma estrutura temporária, feito para ser desmontado e armazenado de ano em ano. Juergen Boos, diretor da feira, disse que o espaço servirá, dentre outras coisas, para compartilhar conhecimento. “Autores e seu trabalho estão no centro da maior feira de livros e mídia. O Pavilhão de Frankfurt tem o objetivo de realizar debates, compartilhar conhecimento, estabelecer contatos e criar tendências que preparem o caminho para o futuro da indústria editorial global”. Dentre os autores já confirmados para se apresentarem no novo espaço estão nomes como Paul Beatty, Dmitry Glukhovsky, Cixin Liu, Meg Wolitzer, Deniz Yücel e Juli Zeh.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

Com o objetivo de incentivar e democratizar o acesso ao livro e à leitura, em especial no Distrito Federal, a IV Bienal Brasil do Livro e da Leitura acontece de 18 a 26 de agosto no Centro de Convenções Ulysses Guimarães (St. de Divulgação Cultural 05 Eixo Monumental - Brasília / DF). Com entrada gratuita, o evento terá uma feira de livros, composta por aproximadamente 140 estandes de comerciantes locais e nacionais, além de uma rica programação com palestras, debates, sessões de autógrafos com autores, apresentações musicais, artísticas e cinematográficas, exposições de arte e fotografia, espaços infantil e juvenil e praça de alimentação. Ao longo das edições anteriores, a Bienal Brasil do Livro e da Leitura recebeu mais de 830 mil visitantes, público que teve a oportunidade de assistir palestras e debates de mais de 470 escritores, brasileiros e estrangeiros, acompanhar o lançamento de 500 livros e cerca de 120 seminários e debates. Este ano, o evento busca, na programação de atividades e na participação de seus convidados, sensibilizar o público para a necessidade de entendimento, tolerância e respeito ao próximo. Além disso, o evento abriu uma chamada pública para seleção de obras literárias de autores do Distrito Federal. Serão selecionadas obras nas categorias biografia, crônica, conto, infantil, juvenil, poesia, romance e reportagem. Os interessados devem se inscrever até 9 de julho clicando aqui e os selecionados terão seus nomes divulgados na programação oficial do evento.

PublishNews, Redação, 22/06/2018

Estão abertas as inscrições para a edição 2018 dos Seminários Tudo a Ler, voltados à formação de mediadores de leitura, em especial professores. Para que a política cultural na área do livro e da literatura esteja entrosada com o currículo das escolas públicas, é necessária uma série de formações para professores e bibliotecários que possam auxiliar nas práticas pedagógicas. Os seminários irão poderão abranger oficinas, dinâmicas de leitura, palestras e relatos de experiências. Os professores poderão participar de uma ou de todas as atividades, recebendo um atestado comprovando sua presença. Realizados pelo Instituto Estadual do Livro (IEL) em parceria com a UniRitter- Projeto Sexta-feira do Professor, os sete encontros serão realizados nas últimas sextas-feiras de junho, agosto, setembro no Campus FAPA da UniRitter (Av. Manoel Elias, 2001, Passo das Pedras - Porto Alegre / RS) e dois encontroas à tarde, dentro da Feira do Livro de Porto Alegre (1 a 19/11). O primeiro encontro acontece no dia 29 de junho, entre 8h30 e 12h e das 13h30 às 17h, com os palestrantes Fernanda Gruendling, Matheus Felipe, Leandro Olegário e Rafael Martins. As inscrições gratuitas podem ser feitas clicando aqui

“Num primeiro momento, diria que o que nos une é o gosto pelos livros e pela linguagem em geral, e a vontade de desenvolver isso criando novas histórias ainda inexistentes”
Ana Maria Machado
Escritora brasileira
1.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
2.
A sutil arte de ligar o foda-se
3.
O milagre da manhã
4.
Atenção : o maior ativo do mundo
5.
Combate espiritual
6.
Felipe Neto - A vida por trás das câmeras
7.
Seja foda!
8.
O poder da autorresponsabilidade
9.
Me poupe!
10.
Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente
 
PublishNews, Redação, 25/06/2018

A Casa das Rosas (Av. Paulista, 37 – São Paulo / SP) realiza, no próximo final de semana, mais uma edição do recital-debate Poéticas 21, que convida dois poetas para dialogar sobre seus projetos, suas visões de mundo, suas leituras de formação, e obras e autores favoritos. No sábado (30), às 19h, os poetas Antônio Carlos Secchin e Emmanuel Santiago se reunirão no espaço para discutir sobre a produção poética contemporânea sob suas óticas particulares. O recital-debate, que será mediado pelo escritor Edson Cruz, é gratuito e aberto ao público. Antônio é doutor em Letras, professor emérito de Literatura Brasileira da UFRJ e integrante da Academia Brasileira de Letras (ABL). Tem oito livros publicados, entre eles Todos os ventos (2002), ganhador de três prêmios. Doutor em Literatura Brasileira, Emmanuel é também crítico literário, tradutor e professor de Literatura. É autor de Pavão bizarro (2014) e atua como coordenador da área de Linguagens e Humanidades no Instituto Alpha Lumen, em São José dos Campos (SP). 

PublishNews, Redação, 25/06/2018

Dois textos inéditos de um dos maiores ficcionistas da atualidade, reunidos no marco da celebração de seus 70 anos. Meu livro violeta (Companhia das Letras, 128 pp, R$ 44,90 – Trad.: Jorio Dauster) é uma pequena joia da narrativa curta sobre o crime perfeito. Mestre do suspense e do enredo, Ian McEwan descreve uma traição literária meticulosamente forjada e executada sem escrúpulos. Publicado em janeiro de 2018 na revista New Yorker, o conto revisita um tema caro ao autor e tratado em livros como Amsterdam: as ambivalências das relações de amizade entre dois artistas, com doses desmedidas de admiração e inveja. Ao conto que dá título ao livro se segue o libreto “Por você”, escrito para a ópera de Michael Berkeley. Profundo conhecedor de música, McEwan apresenta uma cativante história de amor e traição envolvendo quatro personagens: o regente e compositor Charles Frieth, sua esposa, uma admiradora, e o médico da família. Em sua primeira incursão no universo da ópera, McEwan mostra que seu talento como criador de histórias segue sendo insuperável.

PublishNews, Redação, 25/06/2018

No primeiro volume da série A livraria dos corações solitários, a Bookend estava à beira da falência quando Posy a herdou. Antes uma comum livraria, o estabelecimento se transformou em referência na venda de romances. E se Posy estava empenhada em fazer a livraria, agora chamada “Felizes para Sempre”, dar certo, Sebastian, neto da falecida dona, fez o possível para convencê-la a transformar o local em um hotel boutique, mesmo que para isso fosse necessário infernizá-la. Tanta determinação acabou aproximando os dois pelos motivos errados, mas, apesar das diferenças, eles acabaram se casando. Em Amor verdadeiro na livraria dos corações solitários (Verus, 336 pp, R$ 44,90), a “Felizes para sempre” continua a abraçar novos romances. Não só os fictícios que decoram suas prateleiras, mas também os que envolvem seus funcionários. Verity está solteira há pouco tempo. Seu relacionamento anterior terminou de forma não tão amigável, mas suas colegas de trabalho estão empenhadas em fazê-la superar a situação com um novo pretendente. Já que os apelos de que não precisava de outro namorado não funcionaram, Very inventa um affair imaginário para que suas amigas a deixassem em paz. Mas um mal-entendido faz com que Very conheça Johnny e tudo começa a mudar.

PublishNews, Redação, 25/06/2018

No início dos anos 1980, com o Brasil rumando para a abertura política, um industrialista constrói em segredo um parque de diversões. Batizado de Tupinilândia (Todavia, 448 pp, R$ 69,90), o parque funcionaria como uma celebração do nacionalismo e da nova democracia que se aproximava. Porém, durante um fim de semana em que se testavam as operações do parque, um grupo de militares invade o lugar e faz funcionários e visitantes de reféns. Duas décadas depois, um arqueólogo especialista em nostalgia, e desde a infância obcecado pelo mito de Tupinilândia, recebe autorização para mapear o local, que está prestes a ser alagado pela hidrelétrica de Belo Monte. Ao chegar com sua equipe, descobre um terrível segredo, e a partir daí as duas pontas do romance se unem numa aventura literária pelo passado recente do Brasil e pela memória dos anos 1980.

PublishNews, Redação, 25/06/2018

Tudo estava sob controle na vida do charmoso Dr. Chase: bom emprego, mulheres bonitas e, em breve, um belo apartamento em Chelsea para morar. Esse era o plano, até que o dono do seu futuro endereço muda de ideia e Chase fica literalmente na rua, afinal, é quase impossível achar um bom lugar para morar em Nova York. A saída: dividir o apartamento com Josie, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Em O pacote completo (Faro Editorial, 240 pp, R$ 39,90 – Trad.: Leonardo Castilhone), entre conversas, pizzas e risadas, o clima esquenta e Chase percebe que aquela que em pouco tempo já se tornou uma amiga, pode ser algo mais. Em agosto, a autora Lauren Blakely estará no Brasil para participar da 25ª Bienal do Livro de São Paulo.

PublishNews, Redação, 25/06/2018

“Você prefere amar mais e sofrer mais, ou amar menos e sofrer menos? Para mim, esta é a única e verdadeira questão”. Com esta pergunta, o protagonista do novo romance de Julian Barnes abre A única história (Rocco, 224 pp, R$ 34,90 – Trad.: Léa Viveiros de Castro), em que rememora o primeiro amor – e suas consequências ao longo de toda uma vida. Aos 19 anos, claro, Paul não sabia que o amor pode transformar uma vida para sempre, e mergulha de cabeça num conturbado relacionamento com Susan Macleod, uma mulher casada, mãe de duas filhas quase adultas, que ele conhece ao frequentar, durante as férias, o clube de tênis de um subúrbio de Londres. À medida que amadurece, porém, as demandas do amor tornam-se infinitamente maiores do que Paul poderia prever, até que o inesperado vira a história dos amantes pelo avesso e decisões dolorosas precisam ser tomadas. Ao tentar entender, mais de 50 anos depois, o que aconteceu com Susan e onde pode ter errado, o personagem de Barnes reflete sobre a potência do amor, o jovem que foi e o homem que se tornou.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.