Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 11/06/2018
Gráfica digital para pequenas tiragens e POD (Print On demand). Pronta para atender às necessidades de prazos curtos, possui estrutura de impressão digital e logística com qualidade e preços.
A Bookmarks é uma empresa que oferece soluções editoriais para autores e editoras. Desenvolve projetos gráficos de capas de livros, artes para brindes, marcadores, criamos e desenvolve sites e faz diagramação de livros impressos e digitais.
Capista de livros. Há mais de 20 anos desenvolve trabalhos gráficos para os mais variados setores. Só paga se for usar a capa.
PublishNews, Volnei Canônica, 11/06/2018

A 60º edição do Prêmio Jabuti, lançada em 15 de maio apresentou um novo formato do prêmio. Nessa reformulação, necessária, e isso precisa ser admitido, o número de categorias diminuiu de 29 para 18, e ainda foram suprimidos, em todas as categorias, o segundo e o terceiro lugar. Todos do mercado editorial, apesar de adorarem receber sua estatueta e figurar nas redes sociais segurando o Jabuti, achavam as cerimônias longas e cansativas. O que deveria ser uma confraternização entre o mercado editorial, acabava por se tornar um chá de cadeira, em cerimônias que se arrastavam por mais de 3 horas. O Jabuti ficou mais magro, mais slim, mas diferentes áreas do mercado reclamaram das mudanças. Algumas não se sentiram contempladas. Outras viram nisso uma perda e por aí vai. Mas a área mais atingida foi a da Literatura Infantil e Juvenil. Justamente a área responsável por formar novos leitores deste segmento essencial em si, e, além disso, segmento dos futuros consumidores da chamada “literatura adulta”. A Literatura Infantil e Juvenil, em edições anteriores, figurava em duas categorias separadas e ainda havia uma categoria específica para avaliar a ilustração, agora deslocada para “o caráter técnico” dentro do Eixo Livro. O tema é amplo e precisa ser discutindo com cuidado. Apesar de não concordar com o termo “perícia técnica” dentro de um dos critérios de avaliação, vamos precisar olhar tecnicamente cada detalhe deste novo regulamento e seus futuros impactos. A coluna de hoje não pretende esgotar a discussão. Por isso, abordou principalmente a junção das duas categorias: infantil e juvenil. Mas precisamos seguir com a conversa. Na coluna de amanhã vamos falar sobre outros dois pontos importantes da reestruturação do Jabuti em 2018: categoria ilustração infantil e juvenil (narrativa visual artística) ter sido deslocada para a categoria ilustração – no eixo livro (desvalorizando o artístico) e os critérios dogmáticos de avaliação. Para ler a íntegra dessa coluna, clique no Leia Mais.

PublishNews, Felipe Lindoso, 11/06/2018

Nos dias 4 e 5 de junho passados aconteceu, na UnB, a III Jornada de Crítica Literária, cujo tema era precisamente esse - Literatura e Ditaduras -, com o objetivo de provocar o debate sobre as relações estre estética e política, pondo em evidência situações históricas do passado para reflexão da cultura contemporânea, lembrando que o processo democrático tem sido alvo de constantes golpes ao longo da história política do continente latino-americano. Coordenado pelos professores Paulo C. Thomas (UnB), Regina Delcastagne (UnB) e Rejane Pivetta (UPF), a jornada mostrou em 11 mesas com escritores e professores, (duas das quais de estudantes da UnB que apresentaram trabalhos em desenvolvimento), como se desenvolve essa difícil relação. Relação que, em diversos momentos, tem sido muito marcada pela negação, disfarçada na afirmação de que as duas coisas não podem (ou não devem) se misturar. Em sua coluna, Felipe Lindoso conta o que viu por lá.

PublishNews, Redação, 11/06/2018

No podcast dessa semana falamos sobre a programação da Flip, divulgada nos últimos dias, sobre o adiamento da Feira do Livro da Galeria Olido, a parceria fechada entre o Sesc SP e a Fliaraxá, a Lista Nielsen PublishNews e os mais vendidos. Falamos também sobre o que esperar do segundo Encontro Um Livro com PublishNews, que acontece nesta quarta (13), na Unibes Cultural e recebe a agente literária, Meire Dias. Para fechar, comentamos sobre a nota que a Secretaria da Cultura do Rio enviou sobre o caso das Bibliotecas Parque e tivemos a participação de Volnei Canônica, nosso colunista, que explicou tudo sobre a discussão em torno de algumas categorias do Prêmio Jabuti, principalmente sobre a união das categorias infantil e juvenil, a realocação da categoria Ilustração e os critérios de avaliação adotados nessa edição do prêmio. Para acessar o podcast, produzido graças à parceria com a Ubook, clique no Leia Mais.  

PublishNews, Redação, 11/06/2018

Neste final de semana, o Estadão deu destaque para o novo livro de Rita Lee, favoRita, onde a cantora relembra suas músicas que foram censuradas na ditadura. Também publicado pela Globo Livros, o livro que sairá em edição especial e de luxo, será lançado nesta quarta (13), às 16h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2.073 – São Paulo / SP). O Globo trouxe a notícia de que os quadrinhos da Disney não serão mais publicados no Brasil a partir deste mês. Depois de uma parceria entre a editoria Abril e a Disney que já durava 68 anos, o Grupo Abril anunciou que a decisão foi tomada depois de uma “revisão estratégica”. Já Ancelmo Gois contou que a Globo Livros lança o mês que vem Segredos de família, de Lisa Wingate. A obra é baseada em um escândalo real envolvendo o sequestro e a venda de crianças pobres. A Companhia das Letras também espera publicar no final do ano o primeiro dos dois volumes das memórias de Lula, assinado por Fernando Morais. Segundo Lauro Jardim, os originais ainda não foram entregues à editora. Clique no Leia Mais e veja o que mais foi assunto nos jornais do fim de semana.

PublishNews, Redação, 11/06/2018

Na semana passada, a Paulus Livraria de Campinas (Rua Barão de Jaguara, 1.163) reabriu as portas em seu antigo endereço. Após um ano de reforma, a livraria de 413 m² tem agora um espaço com acessibilidade, mais amplo e moderno. O objetivo da reforma foi proporcionar ao cliente uma experiência de crescimento intelectual e espiritual. A Paulus oferece mais de três mil títulos em áreas como Bíblia, Teologia, Catequese, Educação, Filosofia, Comunicação, Infantojuvenil, Psicologia, dentre outras e possui ainda uma variedade de CDs, DVDs, cartões e pôsteres.

PublishNews, Redação, 11/06/2018

A Martins Fontes - Selo Martins abriu uma vaga para auxiliar de vendas. A empresa pede que o candidato tenha domínio no pacote office, principalmente Excel; noções de processo de consignação; noções de emissão de notas; fiscais e experiência no comercial de editora de livros. O contratado será responsável, dentre outras coisas, pela elaboração de planilhas; pela análise e lançamento pedidos; atender ligações; e ligar para clientes. Os benefícios incluem seguro saúde, vale transporte e vale refeição. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail marcio@emartinsfontes.com.br.

PublishNews, Redação, 11/06/2018

Integrantes do Slam das Minas | DivulgaçãoNos próximos dias 13 e 14, o Sesc Pinheiros (Rua Pais Leme, 195 – São Paulo / SP) será tomado por mulheres poetas de pelo menos sete estados brasileiros. É que lá acontece o Encontrão Poética que vai reunir slammers – competidoras de batalhas de poesia falada – de diferentes partes do Brasil. A organização é do Slam das Minas – SP e reúne as poetas para reforçar a importância das mulheres ecoarem a própria voz. “Pois nós somos mais que palavras soltas. Nosso cotidiano é feito de poesia”, dizem as organizadoras. Para o evento estão convidadas as poetas Fabiana Lima (BA), Tatiana Nascimento dos Santos (DF), Laura Conceição (MG), Anna Suav (PA), Shaira Mana Josy (PA), Bell Puã (PE), Patrícia Naia (PE), Letícia Brito (RJ) e Ingrid Martins (SP). A entrada é gratuita.

PublishNews, Redação, 11/06/2018

Nesta quinta (14), das 19h30 às 21h, a LabPub oferece mais uma masterclass, dessa vez sobre As mudanças no Programa Nacional do Livro e do Material Didático, com a Mônica Rodrigues. Na aula, serão tratadas as principais mudanças do programa, o que as editoras devem estar atentas e as melhores práticas para atender as exigências do edital. Mônica Rodrigues trabalha há mais de 20 anos em editoras como Saraiva, Ática, FTD, Moderna, Macmillan, entre outras. É proprietária da empresa de serviços editoriais Sophia Editorial e ministra cursos de revisão de textos na Escola de Tradutores e na Casa Contemporânea, em São Paulo. A masterclass gratuita será no formato a distância e ao vivo e para participar é necessário fazer inscrição clicando aqui.

“Os revisores, se pudessem, saberiam mudar a face do mundo porque tudo eles fariam pela simples mudança das palavras.”
José Saramago
Escritor português (1922- 2010)
1.
Desperte seu poder
2.
A sutil arte de ligar o foda-se
3.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
4.
As 4 chaves para realização ilimitada
5.
O milagre da manhã
6.
Felipe Neto - A vida por trás das câmeras
7.
Código secreto do emagrecimento
8.
Me poupe!
9.
Seja foda!
10.
Na sombra do mundo perdido
 
PublishNews, Redação, 11/06/018

Em A balada do cáladmo (Estação das Letras, 200 pp, R$ 42 – Trad.: Leila de Aguiar Costa), o franco-afegão Atiq Rahimi procura dar forma à experiência traumática do exílio, ao mesmo tempo em que relembra sua história de vida e a autodescoberta como artista. Oscilando entre o presente em Paris e o passado errante, o livro mescla memórias a reflexões artísticas, iluminadas por caligrafias e calimorfias (letras antropoformes) do autor. A história de Atiq se desenrola em três palcos principais: a Cabul da infância, onde aprendeu a grafar o alfabeto persa com seu cálamo e vivenciou a prisão e a tortura de seu pai. De lá, a primeira fuga foi para a Índia, cuja rica e sensual cultura causou uma revolução interna no adolescente afegão. Por fim, a França, onde recebeu asilo cultural em 1984 e construiu uma carreira premiada como cineasta e romancista. Eventos em São Paulo e no Rio marcam o lançamento do volume. No Rio, o lançamento acontece na próxima quarta-feira (13), às 17h, na Livraria da Travessa e Auditório CCBB (Rua Primeiro de Março, 66). Às 19h, o autor dará uma palestra no ciclo A palavra fora do lugar: escritores refugiados e em risco. Em São Paulo, na quinta (14), o lançamento acontece às 19h, na Livraria da Vila (Rua Fradique, 915).

PublishNews, Redação, 11/06/2018

O projeto Eu Leio Brasil lança um curso imersivo que promete aproximar diferentes agentes do mercado da literatura, ajudando na desmitificação do processo editorial como um todo. Buscando alcançar diversos autores, iniciantes ou não, que desejam conhecer mais os trâmites e procedimentos do mercado editorial. O time de palestrantes – que inclui nomes como Thiago Mlaker, Janaina Rico e Luciana Figueiredo – vai traçar um panorama completo de todas os processos da publicação por uma grande editora, desde o envio do seu original até as estratégias de lançamento. A participação incluí o recebimento de material exclusivo e de book proposal dos autores participantes no evento. As aulas acontecem na Casa de Estudos Urbanos (Rua da Glória, 18), das 9h30 às 16h30 do dia 23 de junho. Para mais informações e inscrições, clique aqui.

PublishNews, Redação, 11/06/2018

O remorso de Baltazar Serapião (Biblioteca Azul / Globo Livros, 224 pp, R$ 49,90), de Valter Hugo Mãe, foi a obra vencedora do Prêmio Literário José Saramago, em 2017, tem ilustrações de Eduardo Berliner e é um marco na literatura portuguesa contemporânea. Estirpe e jugo são os elementos brutos com os quais a poderosa linguagem de Valter Hugo Mãe narra a história dos Sarga, “nascidos de pai e vaca”, e de seu primogênito, que dá nome ao livro: Baltazar, camponês miserável e de passividade bestial, cujas vida e jovem esposa são exploradas por Dom Afonso, senhor das “almas e coisas” daquela terra. “Basta ler a primeira página, a primeira palavra, sentir a primeira respiração. É um livro diferente”, escreve José Saramago sobre a obra.

PublishNews, Redação, 11/06/2018

De repente, os instrumentos de Orunmilá se calam. Qual será o motivo do silêncio de Ifá? A força e a ajuda de Exu, Ogum e Oxóssi serão suficientes para que o maior adivinho da África ancestral reencontre seus poderes? Já na caótica São Paulo dos dias atuais, o jovem jornalista New se vê envolvido em uma missão a que parecia destinado desde o berço, mas com a qual ele não consegue se identificar. Na aclamada trilogia Deuses de Dois Mundos, PJ Pereira desafia o limite entre o conhecido e o desconhecido, o estranho e o maravilhoso, o real e o fantástico. O leitor é conduzido a uma viagem entre os níveis de existência do Aiê, a terra dos homens, e do Orum, o mundo em que, de acordo com a rica mitologia africana, vivem os orixás. O livro do silêncio (Minotauro / Planeta, 288 pp, R$ 49,90) é o primeiro livro da trilogia que acaba de ganhar nova edição pelo selo Minotauro, da Planeta.

PublishNews, Redação, 11/06/2018

Setembro de 1938, Hitler está desesperado para começar a guerra. Chamberlain quer manter a paz a qualquer custo. O desfecho da disputa acontecerá em Munique (Alfaguara, 300 pp, R$ 49,90), em um dos momentos decisivos que antecederam a Segunda Guerra Mundial. Robert Harris compõe mais um thriller impressionante, cheio de fatos e personagens históricos, que transporta o leitor para um dos momentos mais importantes da história mundial. Hugh Legat é uma estrela em ascensão no serviço diplomático britânico, servindo como secretário do primeiro-ministro, Neville Chamberlain. Paul von Hartmann é membro do time de relações exteriores da Alemanha, mas secretamente pertence a um grupo anti-Hitler. Os dois foram amigos em Oxford durante a década de 1920, mas perderam o contato com o tempo. Agora, enquanto Hugh viaja com Chamberlain de Londres para Munique e Paul acompanha Hitler em sua viagem noturna de Berlim, o caminho dos dois amigos está fadado a uma colisão desastrosa. 

PublishNews, Redação, 11/06/2018

Um dos nomes mais aclamados da atual literatura portuguesa, João Pinto Coelho narra em Os loucos da rua Mazur (LeYa, 312 pp, R$ 49,90) uma história sobre violência, memória e literatura. Vencedor do Prêmio LeYa 2017, o romance apresenta uma abordagem original sobre o avanço alemão pela Europa durante a Segunda Guerra Mundial. A partir do encontro entre dois amigos de infância – um livreiro cego e um escritor à beira da morte –, a narrativa leva o leitor a um pequeno povoado da Polônia entre 1935 e 1941, uma cidade de cristãos e judeus, de loucos e sãos, ocupada por soviéticos e alemães, que acabou dominada pela barbárie e jamais voltou a ser o que era. Eryk, o escritor famoso, não quer morrer sem escrever o livro que irá redimi-lo. Para tal empreitada, ele precisa da memória de seu amigo judeu, que sempre viu muito além de sua cegueira. Nas páginas desse livro fica claro que o Mal está onde menos se espera e que a escrita de um romance pode se tornar um verdadeiro ajuste de contas com o passado.

PublishNews, Redação, 11/06/2018

Jack Kerouac saltou para a fama em 1957, com a publicação do icônico On the Road. Mas a década de 1940 já fora de grandes projetos e intensa produção. Um dos textos então escritos, e que permaneceu inédito até há pouco é A vida assombrada, um romance de formação que mostra o estudante universitário Peter Martin passando férias na sua pequena cidade natal. Numa prosa realista, tributária dos grandes nomes da literatura norte-americana da década de 1930 como Thomas Wolfe, vemos um rapaz em meio às tribulações americanas pós-New Deal e às vésperas da entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial. Tendo, de um lado, o idealismo da juventude (seus amigos cogitam largar a faculdade para se alistar), e, do outro, o conservadorismo xenófobo do pai, Joe Martin, Peter tenta entender qual seu lugar nessa sociedade em transformação. A vida assombrada & outros escritos (L&PM, 200 p, R$ 39,90) traz, juntamente com o texto ficcional (que se lê como uma obra integral), esboços, trechos de cartas e outros documentos nos quais o autor faz referências à escrita de A vida assombrada, e também correspondência entre ele e seu pai, Leo Kerouac – cuja personalidade serviu de inspiração para o intolerante Joe Martin –, além de outros materiais sobre sua vida e o início de sua carreira. 

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.