Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 30/05/2018
Gráfica digital para pequenas tiragens e POD (Print On demand). Pronta para atender às necessidades de prazos curtos, possui estrutura de impressão digital e logística com qualidade e preços.
A Bookmarks é uma empresa que oferece soluções editoriais para autores e editoras. Desenvolve projetos gráficos de capas de livros, artes para brindes, marcadores, criamos e desenvolve sites e faz diagramação de livros impressos e digitais.
Capista de livros. Há mais de 20 anos desenvolve trabalhos gráficos para os mais variados setores. Só paga se for usar a capa.
PublishNews, Redação, 30/05/2018

Como vem fazendo nos últimos anos, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) acaba de atualizar a sua série histórica que mostra o desempenho da indústria editorial brasileira desde 2006, quando começou a realizar anualmente a Pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro encomendada ao instituto pela Câmara Brasileira do Livro e pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros. Trazidos a valores de 2017, os números foram corrigidos pelo IPCA e revelam o desempenho real das editoras ano a ano. O levantamento mostra que o faturamento do setor editorial geral, considerando aqui tanto as vendas para o mercado quanto daquelas para o governo, apresentou queda de 21%. Isso corresponde a uma perda real de R$ 1,4 bilhão no período. Como evidencia o gráfico ao lado, entre 2006 e 2011, houve um período de expansão do setor, que chegou a faturar R$ 7 bilhões (em valores de 2017). Depois disso, esses resultados sofreram erosões e nos últimos três anos, entre 2015 e 2017, as perdas se intensificaram e o faturamento das editoras caíram cerca de 20%, resultado da crise econômica que afeta o país desde 2015. Clique no Leia Mais para ver outros destaques da Série Histórica da Pesquisa Fipe.

PublishNews, Leonardo Neto, 30/05/2018

Varejo de livros continua crescendo, aponta GfK | © Divulgação / BlooksA Associação Nacional de Livrarias (ANL) e a GfK apresentaram os resultados de abril do seu relatório mensal que acompanha a evolução do mercado varejista de livros no Brasil. Na comparação com igual período de 2017, houve crescimento nas vendas, tanto em valor (+13,2%), quanto em volume (12,7%). Em números absolutos quer dizer que em abril de 2018 foram vendidos 4 milhões de unidades o que redundou em faturamento de R$ 167,5 milhões. No acumulado do ano, já foram vendidas 20,1 milhões de cópias e as livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento monitorados pela GfK já apresentaram faturamento de R$ 943 milhões. Em números relativos e na comparação com igual período de 2017, isso representa crescimento 10,2% em volume e de 9,6% em faturamento. Clique no Leia Mais para ter acesso à íntegra desta matéria e ao relatório.

PublishNews, Redação, 30/05/2018

Diretor geral da Distribuidora e Livraria Loyola, Vitor Tavares anunciou na tarde da última terça-feira (29) a sua candidatura à presidência da Câmara Brasileira do Livro (CBL) para o biênio 2019-2021. Com apoio do atual presidente, Luís Antonio Torelli, Vitor diz que vai investir a sua experiência como editor, livreiro e distribuidor de livros para unir o mercado. “Assim, construiremos juntos o futuro que queremos para os livros no Brasil”, disse em comunicado. Na reunião em que angariou apoio oficial de Torelli, Vitor ganhou suporte de outros quatro ex-presidentes, diretores, conselheiros e representantes de entidades irmãs da CBL. Vitor, que atualmente é vice-presidente da entidade, começa agora a pensar em nomes para a sua chapa e a compor a sua plataforma de trabalho. As eleições acontecem em fevereiro em data a definir. Novas chapas podem aparecer até 30 dias antes da data marcada para as eleições.

PublishNews, Redação, 30/05/2018

Na edição desta semana do Podcast do PublishNews, recebemos o curador do Prêmio Jabuti, Luiz Armando Bagolin. No nosso bate-papo, Bagolin explicou todas as mudanças da 60ª edição do prêmio, a racionalização das categorias, o foco no leitor, as inscrições diferenciadas para autores independentes, os valores da premiação e todos os outros tópicos que foram assunto desde que o Jabuti anunciou suas mudanças. Comentamos também sobre a vinda da WHSmith para o Brasil, o resultado da Saraiva no primeiro trimestre, os vencedores do Man Booker International Prize e Prêmio Camões, a repercussão do site pirada derrubado pela ABDR e a lista de mais vendidos. Para acessar o podcast, clique no Leia Mais.

PublishNews, Redação, 30/05/2018

O Prêmio ABEU 2018 abriu as inscrições para a sua quarta edição. Com o intuito de distinguir as melhores edições universitárias no âmbito do conhecimento científico e acadêmico, a premiação sofreu algumas mudanças. A primeira delas é que a professora Sheila Diab Maluf assume a curadoria do prêmio, cargo ocupado até então por José Castilho Marques Neto, o mais novo colunista do PublishNews. O número de categorias premiadas também aumentou, passando de cinco para sete: a categoria Ciências Sociais e da Expressão foi dividida em Ciências Sociais Aplicadas e Linguística, Letras e Artes. As inscrições seguem até o dia 29 de junho. O regulamento completo pode ser acessado clicando aqui.

PublishNews, Redação, 30/05/2018

© Rose AikawaConhecido por seus romances espíritas, o autor Marcelo Cezar deixa a editora Vida & Consciência para lançar seu primeiro livro pela Editora Planeta, o 21º título de sua carreira. Há mais de 30 anos em contato com os estudos espíritas, Marcelo Cezar já vendeu mais de 2 milhões de exemplares, dentre eles o best-seller O amor é para os fortes. A obra Acerto de contas será lançada ainda em junho pelo Academia, selo da Editora Planeta responsável pela publicação de títulos de espiritualidade, educação, autoajuda e autoconhecimento, pelo qual são publicados outros importantes autores espíritas, como José Carlos de Lucca e Mônica de Castro. A editora Vida & Consciência publicou os livros de Marcelo por quase 20 anos.

PublishNews, Redação, 30/05/2018

Começou na tarde desta terça (29) a venda antecipada de ingressos para a 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo (3 a 12/08). A organização do evento optou por manter o mesmo valor dos ingressos da última edição, em 2016. De segunda à quinta-feira, a inteira custará R$ 20 (meia R$ 10) e de sexta-feira à domingo R$ 25 (meia R$ 12) por dia e até segunda (4/06), as inteiras serão vendidas por um preço promocional, com 50% de desconto. Os ingressos estão disponíveis no site da Bienal e pelo telefone (11) 2626-1061. Estudantes, deficientes e seus acompanhantes têm direito à meia-entrada e menores de 12 anos e maiores de 60 não pagam. Funcionários e matriculados Sesc da categoria credencial plena também terão gratuidade e seus dependentes terão direito à meia-entrada. Será aplicado o benefício mediante apresentação da carteirinha e documento com foto. O evento acontecerá no Pavilhão de Exposições do Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1.209 - São Paulo / SP).

PublishNews, Redação, 30/05/2018

A IV edição do Salão do Livro Político está marcada para acontecer entre os dias 18 e 21 de junho, no Tucarena, teatro da PUC-SP (Rua Monte Alegre, 1.024, Perdizes - São Paulo / SP). Crise, eleições, cenário econômico, censura e ciências, fake news e os 30 anos da Constituição de 1989 versus o atual protagonismo do Poder Judiciário são alguns dos assuntos das mesas desta edição. Também serão debatidos a situação política do Oriente Médio e fatos que marcaram a história global e continuam ecoando: maio de 1968, 50 anos depois, Marx e o marxismo no bicentenário do nascimento do filósofo alemão e os rumos da Revolução Cubana, após quase 70 anos. No ano da Copa do Mundo e no momento em que se desvela a corrupção na Fifa, o futebol também está na pauta do evento. A mesa de abertura reunirá candidatos do espectro da esquerda à presidência e Guilherme Boulos (PSOL) já confirmou sua participação. Para as demais mesas também estão confirmados nomes como Jessé Souza, Márcio Pochmann, Leda Paulani, Laura Carvalho, Ricardo Antunes, Esther Solano e Olival Freire, além do jornalista e acadêmico Leonardo Sakamoto, que mediará a mesa sobre fake News. O evento também contará com uma feira de livros com centenas de títulos de mais de 30 editoras com descontos de até 30%. A programação completa será divulgada a partir da próxima semana no site do evento. O Salão do Livro Político é fruto de uma parceria de um grupo de editoras independentes com a PUC-SP.

“Conheço muitos escritores para pensar que a literatura é algo sagrado. Na realidade, a literatura é mais profana que sagrada.”
Lourenço Mutarelli
Escritor brasileiro
1.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
2.
A sutil arte de ligar o foda-se
3.
O milagre da manhã
4.
Combate espiritual
5.
Tempestade de guerra
6.
Seja foda!
7.
O poder da ação
8.
Felipe Neto - A vida por trás das câmeras
9.
O poder do hábito
10.
Jesus - O homem mais amado da história
 
PublishNews, Redação, 30/05/2018

A Associação Nacional de Livrarias (ANL) marcou para o dia 1º de agosto a sua 28ª Convenção Nacional de Livrarias, que acontecerá no Hotel Unique (Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4.700 – São Paulo / SP) e será a comemoração central dos 40 anos da associação. O tema central desta edição, O ecossistema do livro, ressaltará a importância da articulação de todos os atores da cadeia do livro, do autor a livraria, passando, claro, pelo leitor. O evento aprofundará também os assuntos discutidos este mês no seminário A Sociedade do Conhecimento e o Livro como Ferramenta, como as diversas plataformas de comercialização do livro e a importância do pequeno e médio comércio do livro, que também faz parte desse ecossistema e deve ser valorizado. 

PublishNews, Redação, 30/05/2018

A LabPub, escola 100% EaD, oferece desconto de 47% para quem se matricular no curso Formação de tradutor de livros, até esta quinta-feira (31). De R$ 1.490, o valor cai para R$ 790, valor que pode ser dividido em até seis vezes. O curso abordará os principais gêneros publicados pelas editoras: ficção comercial, ficção literária, não ficção, clássicos, quadrinhos, cultura pop, infantis e juvenis. Além disso, mostrará aspectos teóricos importantes ao tradutor e exemplos de traduções bem realizadas. Fará parte do curso também o que as editoras esperam de um bom trabalho de tradução, o que é visto em uma preparação de texto ou copydesk e como um tradutor freelancer pode atuar nesse mercado. O curso, que começa no dia 17 de julho, será conduzido pelos profissionais Cassius Medauar, Guilherme Kroll e Monique D'Orazio. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail labpub@labpub.com.br ou pelo telefone (11) 9.8487 4499.

PublishNews, Redação, 30/05/2018

Correio para mulheres (Rocco, 400 pp, R$ 49,90) traz os conselhos e as dicas de Clarice Lispector publicados em diferentes colunas e veículos da imprensa ao longo dos anos 1950 e 1960 e organizados pela professora Aparecida Maria Nunes, doutora em Literatura Brasileira pela USP. Os textos, assinados sob pseudônimos, como Tereza Quadros e Helen Palmer, ou ainda como Ilka Soares, famosa atriz de quem Clarice foi ghost writer, mostram a faceta de jornalista feminina da escritora, entrevendo-se, aqui e ali, pequenas pérolas literárias do estilo clariceano, além de traçar um singular retrato da sociedade da época. Em tom de conversa entre amigas, a autora oferece conselhos e dicas sobre comportamento e etiqueta, relações sociais e amorosas, cuidados domésticos, educação dos filhos e outros temas. Os textos reunidos em Correio para mulheres já tinham sido publicados em livros, mas em dois volumes: Correio feminino, de 2006, e Só para mulheres, de 2008.

PublishNews, Redação, 30/05/2018

Escrito por um dissidente anônimo conhecido apenas pelo pseudônimo “Bandi”, que ainda vive na Coreia do Norte, A acusação (Biblioteca Azul / Globo Livros, 230 pp, R$ 39,90) reúne sete contos impactantes que retratam o verdadeiro cotidiano de homens e mulheres comuns enfrentando os horrores da vida sob os regimes totalitários de Kim II-sung e Kim Jong-Li. Tirados clandestinamente do país e publicados em mais de 19 idiomas, esses contos não devem ser lidos apenas por seu valor literário e histórico, mas sobretudo pelo realismo e pela humanidade com que retratam um povo a quem é suprimido o mais importante dos direitos: uma voz. Os contos de A acusação nos lembram que a humanidade é capaz de manter a esperança mesmo nas circunstâncias mais desesperadoras – e que a busca pela liberdade de expressão tem um poder muito maior do que aquele dos que tentam reprimi-la.

PublishNews, Redação, 30/05/2018

Publicado pela primeira vez em 1825, Código dos homens honestos (Nova Fronteira, 144 pp, R$ 39,90) é um manual de sobrevivência contra larápios e os altos impostos da cidade grande. Com sua verve característica e repleta de ironia, Honoré de Balzac antecipa temas que consagrarão sua Comédia humana e oferece um panorama da sociedade da época, cujas características pareceram não mudar ao longo de dois séculos. Ao descrever o expediente de diversos tipos de criminosos – e propor soluções para quem quer se proteger deles -, o autor faz uma crítica ferina ao poder do dinheiro e ao declínio de valores como honra, segurança e confiabilidade. O resultado é um retrato da natureza humana que atravessa o tempo sem perder a atualidade. A obra faz parte da nova coleção da editora, a Biblioteca Áurea, vendida exclusivamente pela Amazon.

PublishNews, Redação, 30/05/2018

Escrito em primeira pessoa, num misto de fluxo de consciência e discurso direto e dividido em quatro partes (A brisa, O vento, A tempestade e A calmaria), Poesia chinesa (Sesi-SP, 312 pp, R$ 54), de André Caramuru Aubert, narra passagens decisivas de um curto período da vida de um professor universitário de meia-idade. Sempre a partir de uma única ótica, a do personagem central, o leitor é envolvido por um turbilhão de pensamentos, de ações (e suas consequências) do professor, que transitam entre o sublime e o rasteiro, entre a arte e as miudezas humanas, entre a razão e a paixão. A poesia chinesa pode ser lida nas diversas camadas do romance e, longe de ser pano de fundo ou objeto de estudo do protagonista, dá nome ao livro porque informa o leitor sobre o lirismo e sobre a capacidade dos chineses clássicos em captar e traduzir os sutis movimentos da natureza e da natureza humana.

PublishNews, Redação, 30/05/2018

Em Roupas sujas (Companhia das Letras, 184 pp, R$ 49,90), uma saga familiar, Leonardo Brasiliense retraça as consequências da perda da figura materna, e explora a brutalidade das relações humanas e sua persistência no tempo. No embate entre o poder indomável da natureza e a rigidez moral dos costumes, cada personagem ilustra a seu modo o mesmo conflito. Por meio de uma prosa cortante, que toma emprestados o vigor e a austeridade do ambiente doméstico rural do Sul do Brasil, Brasiliense faz da ausência a matéria-prima para o desenrolar de um drama a um só tempo particular e universal. Tão importante quanto aquilo que se diz é o que não se chega a pronunciar, e uma palavra represada na boca do filho temeroso ou do pai taciturno prenuncia a irrupção de segredos que podem ser guardados, mas não extintos.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.