Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 02/03/2018
Gráfica digital para pequenas tiragens e POD (Print On demand). Pronta para atender às necessidades de prazos curtos, possui estrutura de impressão digital e logística com qualidade e preços.
A Bookmarks é uma empresa que oferece soluções editoriais para autores e editoras. Desenvolve projetos gráficos de capas de livros, artes para brindes, marcadores, criamos e desenvolve sites e faz diagramação de livros impressos e digitais.
Capista de livros. Há mais de 20 anos desenvolve trabalhos gráficos para os mais variados setores. Só paga se for usar a capa.
PublishNews, Leonardo Neto, 02/03/2018

A parte que falta (Companhia das Letrinhas), de Shel Silverstein, correu no boca-boca, desde que, no último dia 20, a youtuber queridinha da galera JoutJout postou um vídeo elogiando o título que originalmente fez parte do catálogo da Cosac Naify. O vídeo emocionou muita gente e ganhou, como era de se esperar, as redes sociais como um rastilho de pólvora. No fechamento desta edição, o vídeo tinha sido assistido quase 3,7 milhões de vezes no YouTube. O resultado nas vendas, no entanto, ainda não refletiu o sucesso da moça nas telas e telinhas. O livro estreia na lista, mas ocupando a modesta sétima posição da Lista Infantojuvenil, com 897 exemplares vendidos. Mas atente para a palavra 'ainda' que usamos logo acima. Ainda! Essa é a palavra-chave. O vídeo foi postado no dia 20 de fevereiro, mas ganhou destaque mesmo no dia seguinte, 21. A lista que aqui analisamos é referente ao período de 19 a 25 de fevereiro. Ou seja, de terça a domingo da semana passada, foram vendidas 897 cópias do livro. Não foi ruim. Mas há que se esperar até a semana que vem para ver se a boca desse balão estourou ou não. Nada mudou na ordem do Ranking Geral. Ele continua igual à semana passada: liderado por A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca), com 6.491 exemplares. Na sequência aparecem Ainda sou eu (Intrínseca), com 3.981 e Sapiens (L&PM), com 3.836. O mês passado fechou com A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca) liderando o Ranking Geral Mensal de Fevereiro. Foram 20.282 unidades vendidas no mês. Mais escuro (Intrínseca), ficou na segunda posição, com 18.964 e Sapiens (L&PM), na terceira, com 14.200. Clique no Leia Mais para ver outros destaques da Lista dos Mais Vendidos.

PublishNews, Redação, 02/03/2018

Quem esqueceu ou não teve oportunidade ainda de se inscrever na categoria especial do Prêmio Avena PublishNews, a Profissional de Marketing e de Vendas do Ano, terá mais uma chance. Prorrogamos as inscrições até a próxima terça (6), para que mais pessoas possam se inscrever ou ser indicados. Para isso, basta mandar um e-mail para profissionaldoano@premioavenapublishnews.com.br e enviar além de nome, cargo, empresa em que trabalha e contato (e-mail e telefone, perfil no LinkedIn), um texto de no máximo quatro mil caracteres defendendo a candidatura, com base nas realizações do indicado e nos bons resultados obtidos ao longo de 2017. Os finalistas serão anunciados já na próxima semana, dia 8 de março e o ganhador será escolhido por um júri composto de representantes das 14 livrarias que compõem a lista de mais vendidos.

PublishNews, Redação, 02/03/2018

No ano passado, a primeira edição da LER - Salão Carioca do Livro trouxe uma energia para o mercado editorial e para a cidade do Rio de Janeiro no momento em que mais precisavam: quando as vendas de livros estavam em queda e quando a autoestima do carioca sofria com a ressaca dos grandes eventos. O festival em 2018 está marcado para acontecer entre os dias 17 e 20 de maio no Porto do Rio de Janeiro. “Mesmo com o momento econômico complicado (ou apesar dele), a segunda edição da LER vai ser revista… e ampliada”, releva Julio Silveira, curador do evento e colunista do PublishNews. Este ano, o evento se posiciona como “O festival do leitor”. “Isso quer dizer que quem passar pela LER terá a experiência completa do livro: conversas com grandes autores, pensadores e artistas; leituras e exposições interativas; oficinas de escrita e apresentação de novos autores; peças e shows; um “Jardim Literário” para crianças; encontros da cadeia livro; Biblioteca Digital… e ainda um Salão com 100 expositores, entre editoras e livrarias”, completa Julio. Clique no Leia Mais e tenha acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 02/03/2018

A Universidade Estadual Paulista, por meio da Fundação Editora da Unesp, realiza entre 11 e 14 de abril, na área anexa ao Instituto de Artes da Unesp, câmpus Barra Funda, a primeira edição da Feira do Livro da Unesp. O evento tem como principal objetivo a valorização do livro e da leitura por meio do oferecimento de títulos, diretamente pelas editoras, com descontos de, no mínimo, 50% do valor da capa. Mais de 50 editoras confirmaram presença e escolheram as mesas expositoras disponíveis, por meio de sorteio entre os presentes. Para as editoras que ainda quiserem participar a orientação é entrar em contato com a empresa RPS Eventos, pelo e-mail feiras@rpsfeiras.com.br ou pelo telefone (11) 3333-7878.

PublishNews, Redação, 02/03/2018

No processo industrial do livro, uma das partes mais complexas é a que diz respeito à área gráfica, pois abrange desde a criação do projeto até a produção física dos produtos impressos. Por isso, o Nespe (Av. Treze de Maio, 23 – Rio de Janeiro / RJ) oferece a partir da próxima quarta (7) o curso Produção Gráfica Editorial. O objetivo das aulas é oferecer uma formação especializada a quem quer se dedicar a produção gráfica, fornecendo aulas teóricas e práticas onde o aluno aprenderá como trabalham os profissionais da área de criação e de produção gráfica. O curso será ministrado por José Jardim (na foto ao lado), gerente geral operacional da Editora Rocco e terá mais cinco palestrantes convidados. As aulas seguem até 18 de julho, sempre às quartas-feiras, das 18h às 22h. O investimento é de R$ 690.

PublishNews, Redação, 02/03/2018

A Faculdade Paulus de Comunicação (Fapcom - Rua Major Maragliano, 191- São Paulo / SP) está com inscrições abertas para o curso de pós-graduação lato-sensu em Produção Editorial. O curso tem como objetivo oferecer conhecimento teórico, técnico e de gestão no campo editorial, domínio no processo de edição de textos e planejamento e execução de ações de produção editorial no meio impresso e digital. Com duração de um ano e meio, a pós-graduação tem carga horária de 446 horas e é dividida em três módulos focados nas partes editorial, gráfico e comercial. Assuntos como a história geral do livro, tipografia, direitos autorais, editoração e produção digital, mercado editorial, lançamentos de livros impressos e digitais, dentre outros fazem parte da grade do curso. Fazem parte do corpo docente do curso nomes como os dos professores Claudenir Módolo Alves (Teorias e história da comunicação: história geral do livro), Milton Meira (Projeto editorial e identidade editorial), Manoel Roberto Nascimento de Lima (Editoração e produção digital) e Patrícia Beatriz Campinas (Novas tecnologias aplicadas à produção multimídia). As aulas começam no dia 7 de abril e acontecerão sempre aos sábados, das 8h30 às 17h30. O investimento pode ser dividido em até 18 vezes de R$ 850.

PublishNews, Redação, 02/03/2018

Neste sábado (3), às 14h, o Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil (Rua São Joaquim, 281 – São Paulo / SP) recebe o lançamento da obra Retratos da infância na imigração japonesa ao Brasil (Narrativa Um, 144 pp, R$ 20), de Monica Musatti Cytrynowicz e Roney Cytrynowicz, colunista do PublishNews. A obra apresenta uma abordagem original da história da imigração japonesa ao Brasil. A partir de uma pesquisa histórica e iconográfica no acervo do Museu, em sua reserva técnica, arquivo e biblioteca, foram selecionadas 250 fotografias, kimonos e outros itens que contam a história do cotidiano das crianças imigrantes desde 1908 até a celebração dos 50 anos da imigração japonesa, em 1958. Festejando seus 40 anos, o museu também abrirá uma exposição sobre Infância e Imigração no mesmo dia.

PublishNews, Redação, 02/03/2018

A antologia Melhores poemas - Torquato Neto (200 pp, R$ 32), com seleção e prefácio de Claudio Portella, ganha formado pocket lançado pela Global. O volume é uma ótima oportunidade para conhecer a obra do poeta, jornalista e compositor que atuou como agente cultural e defensor das manifestações artísticas de vanguarda, como a Tropicália, o cinema marginal e a poesia concreta. Diversos artistas gravaram suas composições. "Dividir o que é poesia e o que é letra de música da obra de Torquato Neto é trabalho possível, mas nada esclarecedor. Conforme José Miguel Wisnik, ele é o primeiro poeta a unificar a densidade entre a poesia escrita e a cantada. Assim sendo, todos os textos selecionados também são poemas", escreve Claudio Portella na apresentação da obra.

“Espero que a minha literatura seja objeto de perguntas, que as pessoas se perguntem o que eu quis dizer com determinado texto.”
Luci Collin
Escritora brasileira
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Ainda sou eu
3.
Sapiens
4.
A sorte segue a coragem!
5.
Propósito
6.
Mais escuro
7.
O poder da ação
8.
Origem
9.
Extraordinário
10.
Desencantada
 
PublishNews, Redação, 02/03/2018

Escrever em poucos caracteres para passar uma mensagem tornou-se popular com a criação do Twitter, há pouco mais de 10 anos. Mas, esse recurso já era usado na Roma Antiga, há quase dois mil anos, por poetas como Marco Valério Marcial, considerado o pai do epigrama (forma poética breve, marcada pelo estilo satírico e engenhoso). A edição bilíngue de Epigramas (Ateliê Editorial, 224 pp, R$ 82 - Trad.: Rodrigo Garcia Lopes), do próprio Marcial, é composta por doze pequenos “livrinhos”, que reúnem 219 poemas escritos entre 86 e 103 d.C.. O livro traz notas explicativas e um posfácio que inclui dados biográficos do autor e contextualiza a poesia de Marcial na Roma Antiga, além de conter informações sobre as questões estéticas de sua poesia. O tema principal dos Epigramas é a cidade em que vivia o poeta. “Se há alguma musa na poesia de Marcial, ela se chama Roma: é da cidade que ele tira sua matéria-prima”, afirma o Garcia Lopes.

PublishNews, Redação, 02/03/2018

A atuação profissional de Wallace Stevens, distante das rodas literárias, se deu na área executiva, e ainda assim o elevou a um dos nomes mais aclamados da poesia do século XX. Nascido em uma família rica e tradicional da Pensilvânia, trabalhou como jornalista e se formou em direito na Universidade Harvard, até abandonar a ocupação de advogado para se dedicar a uma próspera carreira em uma companhia de seguros. Na sua poesia, essa dualidade também deixou sua marca: com rigor e erudição, ele aliou intensa imaginação a uma visão bastante objetiva da realidade. Ao congregar apuro técnico, ampla gama de interesses, virtuosismo formal e imagens vívidas, Stevens conquistou a admiração de nomes como Marianne Moore e Harold Bloom — sendo considerado por este último como “o melhor e mais representativo poeta americano do nosso tempo”. O imperador do sorvete e outros poemas (Companhia das Letras, 336 pp, R$ 49,90) é uma edição revista e ampliada de poemas, lançado originalmente em 1987, também pela Companhia das Letras.

PublishNews, Redação, 02/03/2018

Embora escrito num período turbulento, tanto na vida de Heinrich Heine quanto na história da Europa, Noites florentinas (Carambaia, 112 pp, R$ 68,90 – Trad.: Marcelo Backes) permitiu ao poeta transportar para a prosa a delicadeza de sua poesia, pelo menos nas primeiras páginas. É quando Maximilian chega à casa de uma mulher enferma, Maria, para durante duas noites distraí-la contando algumas de suas histórias. Nada sabemos sobre as relações anteriores entre os dois, mas o autor desenha um sutil e ambíguo jogo de sedução enquanto se desenrolam as lembranças de Maximilian – que promete abrir seu coração à interlocutora. As narrativas de Maximilian se encadeiam como várias histórias dentro de uma. Elas transitam entre personagens da ópera, obras de arte, a paixão de Maximilian por estátuas e mulheres mortas, além de considerações espirituosas sobre os franceses, ingleses e alemães. E ao longo do texto, o autor encontra maneiras de visitar as camadas mais profundas do romantismo.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 02/03/2018

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.