‘Me poupe’, mas não me economize!
PublishNews, Leonardo Neto, 04/06/2018
Livro de Nathalia Arcuri estreia na lista sem economizar nos números: é o primeiro em Negócios e o quarto na Geral

Livraria Cultura lotada no lançamento do livro 'Me poupe' | © Divulgação
Livraria Cultura lotada no lançamento do livro 'Me poupe' | © Divulgação

A semana passada foi de queda acentuada nos números gerais da Lista dos Mais Vendidos. Na comparação com a semana anterior, foram vendidos 23% a menos. A categoria Infantojuvenil, aquela que abriga os livros dos irmãos Neto, por exemplo, apresentou queda de impressionantes 32%. Autoajuda seguiu a tendência e perdeu 27%. Ficção (-23%) e Não Ficção (-19%) não ficaram de fora. Só Negócios se manteve estável. Não perdeu, mas também não ganhou. E isso graças a Me poupe! (Sextante), de Nathalia Arcuri, que estreou na lista ocupando a primeiríssima posição da categoria, com 2.672 cópias vendidas. O número foi suficiente para colocar o livro na quarta posição da Lista Geral, que entrou na quarta semana mantendo a mesmíssima configuração no seu pódio. Segundo a editora, o lançamento de Me poupe! marcou um recorde na Sextante. A autora também é recordista em pré-venda dentre os autores estreantes da casa.

Mesmo com as perdas da semana, As aventuras na Netoland com Luccas Neto (Pixel / Ediouro) se manteve na liderança, com 8.403 exemplares vendidos. A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca) permanece na segunda posição, com 6.915, e O milagre da manhã (BestSeller / Record), na terceira, com 4.735.

Além do livro de Nathalia Arcuri, a lista deu as boas-vindas para outros quatro títulos. Em Ficção, estreou Cuide dos pais antes que seja tarde (Bertrand / Record), de Fabrício Carpinejar. Foram 505 exemplares vendidos, o que lhe garantiu a 19ª posição da categoria. Em Negócios, estreou Acorda! Sonhar não basta (Gente), de Isis Moreira, que ocupa a nona posição da lista, com 498 exemplares vendidos.

Fazendo companhia para os irmãos Neto, em Infantojuvenil, estreou O guia secreto do sabe tudo das copas (Pixel / Ediouro), com 422 exemplares vendidos.  Completando o time de novidades da semana, Comunicação não-violenta (Ágora / Summus), com 266 cópias vendidas.

A Sextante lidera o Ranking Semanal das Editoras, com 17 títulos. A Intrínseca aparece na segunda posição, com 13, e, empatados na terceira posição aparecem Grupo Companhia das Letras e Planeta, com nove títulos cada.

Maio 

O pódio mensal de maio é uma fotocópia do semanal, com o “livrão” de Luccas Neto liderando, com 60.559 exemplares vendidos. Na sequência, aparecem A sutil arte de ligar o foda-se, com 38.344, e O milagre do amanhã, com 26.372. 

Na lista parcial anual de 2018, A sutil arte de ligar foda-se segue liderando, com 167.972 exemplares vendidos ao longo do ano. Luccas Neto, em segundo lugar, vem diminuindo a diferença e se aproximando da dianteira. Até o momento, ele vendeu 139.382. São 28.590 exemplares a menos do que o primeiro lugar. 

[04/06/2018 11:31:00]