O poder de Cortella na Lista Nielsen PublishNews
PublishNews, Talita Facchini, 12/04/2018
Mario Sergio Cortella aparece com cinco livros na lista que apura os autores nacionais mais vendidos em livrarias brasileiras. Geovani Martins emplacou seu primeiro livro

Ter um livro na lista de mais vendidos não é algo simples e todo profissional do mercado sabe disso. Então quando um autor aparece cinco vezes numa mesma lista é, com certeza, algo a ser comemorado. Esse é o caso de Mario Sergio Cortella, que lidera a categoria Não Ficção da Lista Nielsen PublishNews, que apura somente os autores nacionais mais vendidos em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento Brasil afora. A lista de Não Ficção de março é liderada pelo último livro do filósofo e educador, A sorte segue a coragem!. Ele ainda emplacou as obras Por que fazemos o que fazemos?, na sexta posição; o Box – Mario Sergio Cortella, na 13ª; Viver em paz para morrer em paz, na 15ª, todos publicados pela Planeta, e Qual a tua obra? (Vozes), no 20º lugar.

O pódio segue com Seja foda! (Buzz), no segundo lugar e O poder da ação (Gente), que caiu para a terceira posição. E além de Cortella, merece destaque o livro Como os animais mudaram a minha vida (Globo Livros), da apresentadora e ativista, Luisa Mell, que apareceu pela primeira vez no nono lugar.

Geovani Martins | © Chico Cerchiaro
Geovani Martins | © Chico Cerchiaro

Em Ficção, Augusto Cury lidera pelo quinto mês com a dobradinha de O homem mais feliz da história e O homem mais inteligente da história, ambos publicados pela Sextante. Mas o destaque mesmo vai para Geovani Martins, apontado como a grande surpresa da literatura nacional. No começo do mês, o autor de O sol na cabeça (Companhia das Letras) foi entrevistado por Pedro Bial no seu programa na TV Globo. O título aparece na sétima posição da lista de Ficção. É novidade também a obra Sempre faço tudo errado quando estou feliz (Outro Planeta), de Raquel Segal, que aparece na nona posição.

Depois de quatro meses, a Planeta voltou ao primeiro lugar do Ranking das Editoras, com seis títulos. O Grupo Companhia das Letras e o Grupo Editorial Record dividem o segundo lugar com quatro e a Alto Astral, Ediouro, Gente e Santillana, dividem o bronze com três títulos cada.

[12/04/2018 11:05:00]