Livro de Zygmunt Bauman inspira peça sobre refugiados
PublishNews, Redação, 26/01/2018
'Nomes para furacões' está em cartaz na Funarte, em SP, até 3 de março

Cena do espetáculo 'Nomes para furacões' do Grupo Pandora de Teatro | © Divulgação
Cena do espetáculo 'Nomes para furacões' do Grupo Pandora de Teatro | © Divulgação
Está em cartaz, em São Paulo, o espetáculo Nomes para furacões, do Grupo Pandora de Teatro, inspirada na obra Estranhos à nossa porta, de Zygmunt Bauman. Publicado pela editora Zahar, o livro discute a crise dos refugiados, as origens e o impacto desse fenômeno histórico, dissecando o pavor provocado pelas migrações e o processo de desumanização dos recém-chegados, a fim de lhes negar os direitos humanos. Seguindo essa temática, a montagem de Lucas Vitorino propõe um olhar crítico sobre as raízes da crise, ao narrar a história de Alice, que busca salvar seu pai e escapar com ele da destruição, em uma cidade devastada pela guerra. Os personagens exploram possibilidades de sobrevivência enquanto dois soldados tentam cumprir sua missão. A temporada vai até 3 de março, no Complexo Cultural Funarte (Al. Nothmann, 1058, Campos Elíseos), com sessões às sextas e aos sábados, sempre às 20h30. O ingresso custa R$ 20, com meia entrada para estudantes.

[26/01/2018 08:00:00]