A vida e os tempos do editor Jorge Zahar
PublishNews, Redação, 28/11/2017
Biografia conta a história do livreiro que se tornou editor e inaugurou no Brasil a edição profissional de Ciências Humanas

A marca do Z (Zahar, 196 pp, R$ 54,90) é mais que o perfil de um grande editor. A vida de Jorge Zahar se confunde com a história das ideias no Brasil no século XX. Livreiro que se tornou editor, Zahar inaugurou no Brasil a edição profissional de livros de Ciências Humanas, colaborando decisivamente para a formação de sucessivas gerações de leitores. Autodidata que amava poesia, música e cinema, Jorge Zahar gostava de dizer que editor não é necessariamente um intelectual, mas alguém sensível ao fenômeno cultural. Do primeiro título publicado, Manual de sociologia, em 1957, às coleções inovadoras e às obras de referência nos anos 1990, lançou quase dois mil títulos, que deram ao leitor brasileiro informação e formação nas mais diversas áreas. Escrito por Paulo Roberto Pires de forma afetuosa e pesquisado com minúcia, este livro revela também que a atuação intelectual de Jorge Zahar esteve sempre ligada à sua herança afetiva. Com os amigos fundamentais Ênio Silveira e Paulo Francis manteve décadas de íntima cumplicidade, atravessada por momentos dramáticos nos anos imediatamente posteriores ao golpe de 1964.

Tags: biografia, Zahar
[28/11/2017 09:40:00]