Lista Nielsen PublishNews ficou Biruta
PublishNews, Leonardo Neto, 18/10/2017
Em mês de poucas novidades, Lista Nielsen PublishNews dá as boas-vindas à Biruta, que aparece pela primeira vez em uma lista do PublishNews

Quem olha muito por cima a lista Nielsen PublishNews, aquela que apura só os autores nacionais mais vendidos em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento Brasil afora, nem pode notar grandes novidades. É que os livros que estavam nas primeiras posições da lista do nono período são praticamente os mesmos que aparecem agora no décimo, que compreende o intervalo entre os dias 11 de setembro a 08 de outubro. 

Em Ficção são exatamente os mesmos: Minha vida fora de série – 4ª temporada (Gutenberg / Autêntica), em primeiro; Querido dane-se (Paralela / Companhia das Letras), em segundo, e O homem mais inteligente da história (Sextante), em terceiro. 

Em Não Ficção, o que muda é a terceira posição, antes ocupada por Neagle, agora ficou com Crer ou não crer (Planeta). Felipe Neto (Coquetel / Ediouro) continua na primeira posição e O poder da ação (Gente), na segunda.

Mas o que destacar quando tudo parece igual ao que era antes? Que tal uma estreia dupla? É que o décimo período marcou a estreia não só de Caio Riter e o seu livro Eu e o silêncio do meu pai, mas também a chegada da Biruta, que pontua pela primeira vez em uma lista do PublishNews. O livro, que ganhou ilustrações da prestigiada Casa Rex, ficou na 17ª posição da Lista de Ficção.

Com o livro 'Eu e o silêncio do meu pai', Caio Riter e a editora Biruta estreiam na Lista Nielsen PublishNews | © Redes Sociais
Com o livro 'Eu e o silêncio do meu pai', Caio Riter e a editora Biruta estreiam na Lista Nielsen PublishNews | © Redes Sociais

Procurando bem, a Lista Nielsen PublishNews traz outras novidades no décimo período. Ainda em Ficção, apareceu pela primeira vez a HQ Capitão Feio – identidade (Panini), dos irmãos Magno e Marcelo Costa. O livro aparece na 13ª posição. Na sequência, aparece A festa de Lorena Queiroz (HarperCollins), outra novidade da lista.

Novidade também em Não Ficção. Lá apareceu pela primeira vez o Livro de Colorir da Turma da Monica Jovem (Sextante), que aparece na lanterninha, na 20ª posição. 

Dentre os “mais do mesmo” da lista Nielsen, vale destacar novamente o menino Marco Túlio e a sua franquia AuthenticGames (Astral Cultural). Os livros aparecem nas posições de 4 a 7. E isso foi o suficiente para colocar a Astral Cultural no topo do Ranking das Editoras novamente. Ela divide o posto com a Gente, com seis títulos cada. A Autêntica, reforçada pelo poderio da mineira Paula Pimenta, aparece na sequência, com cinco títulos. A Planeta, com quatro, completa o pódio. 

[18/10/2017 09:24:00]