Itaú abre inscrições para a campanha 'Leia para uma criança' de 2018
PublishNews, Talita Facchini, 10/10/2017
Em evento na tarde de ontem (9) foram apresentadas as principais mudanças para 7ª edição da campanha

Em evento realizado na tarde de ontem (9), o Itaú Social abriu oficialmente o período de inscrições para a edição de 2018 do programa Leia para uma criança, que em 2017 comprou 3,6 milhões de exemplares. Com o auditório da Biblioteca Parque Villa-Lobos lotado pelos profissionais do livro, a organização apresentou as principais mudanças dessa edição. Entre elas está o novo formato de seleção, que ampliará a participação das pessoas responsáveis por essa etapa do processo.

Sobre os critérios de elegibilidade, outra novidade: cada editora só poderá cadastrar três títulos por selo editorial. Foi frisada a importância de cada editora escolher com cuidado o melhor livro a ser enviado, para que quando ele tiver que ser publicado no formato do programa, não perca nenhuma de suas características principais. 

Já as editoras Global e Companhia das Letrinhas ficarão fora da seleção por já terem participado da edição que está em curso. Em nome da Global, Marco Gueraldo, gerente de divulgação e vendas, frisou a importância que o projeto teve para a editora “Foi muito importante para a editora ter um livro aprovado no programa, foi uma divulgação gigante e só podemos agradecer ao Itaú por ter encontrado essa forma de trabalhar a literatura com as crianças. Pelo lado financeiro, temos agora uma lacuna deixada pelo governo em geral que diminuiu suas compras e divulgação de livros, por isso o programa ajudou a trazer um fôlego a mais para a editora”, disse ao PublishNews.

Além da ajuda para os cofres da Global, a divulgação da obra e dos autores foi lembrada por Marco: “foi importantíssimo para divulgar ainda mais uma autora tão importante como Cecília Meireles. Acredito que o país inteiro vai ficar feliz por receber uma obra como essa”.

Na seleção dos livros para a campanha de 2018, serão avaliados o conteúdo temático, a materialidade contextual, a autoria – que poderá ter um autor brasileiro e um estrangeiro, ou dois brasileiros –, e o projeto gráfico-editorial. As dez obras finalistas serão encaminhadas para a área de compras e será selecionado os dois livros que tiverem os menores preços. As editoras que avançarem nas próximas etapas da seleção serão avisadas, mas os vencedores só serão anunciados quando o programa for ao ar em 2018.

Para se inscrever, as editoras devem preencher o formulário eletrônico no site do Prosas e enviar os documentos necessários até 27 de outubro. Além disso, é necessário cadastrar a editora no site de Fornecedores do Itaú Unibanco e postar os exemplares nos Correios até o dia 27.

[10/10/2017 10:27:00]