'Lei Castilho' dá mais um passo em Brasília
PublishNews, Redação, 10/08/2017
Relatório do deputado Thiago Peixoto, favorável ao projeto de lei que institui a Política Nacional de Leitura e Escrita, é aprovado por unanimidade na Comissão de Cultura da Câmara

Relatório do deputado Thiago Peixoto é aprovado por unanimidade na Comissão de Cultura da Câmara | © Cláudio Araújo
Relatório do deputado Thiago Peixoto é aprovado por unanimidade na Comissão de Cultura da Câmara | © Cláudio Araújo
A Comissão de Cultura (CCult) da Câmara dos Deputados aprovou, por unanimidade, o relatório do deputado goiano Thiago Peixoto (PSD) favorável ao projeto que institui a Política Nacional de Leitura e Escrita (PNLE), a Lei Castilho, como estratégia para promover o livro, a leitura, a escrita, a literatura e as bibliotecas de acesso público no Brasil. No relatório, Peixoto ressalta que o Projeto de Lei (PL) é “resultado de um grande debate feito entre o segmento editorial, a sociedade civil organizada e o poder público. Uma verdadeira congregação em prol do desenvolvimento da leitura, literatura e escrita no Brasil” e conclui que “trata-se de uma matéria louvável e de suma importância para o desenvolvimento cultural, social e democrático do país, que merece ser apoiada e concretizada”.  De autoria da senadora Fátima Bezerra (PT / RN), o PL foi proposto por José Castilho Marques Neto, em maio de 2016, quando ainda era secretário-executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL). No Senado, o PL teve relatoria favorável do senador Paulo Paim (PT / RS) e, depois de aprovado, seguiu para a Câmara dos Deputados, onde ainda terá que passar pelas comissões de Educação e de Constituição e Justiça e Cidadania. O PL tem apreciação conclusiva pelas comissões, o que significa que não passará pelo plenário antes de seguir para a sanção presidencial. 

 

Tags: Lei Castilho
[10/08/2017 10:03:00]