Paulo Coelho na Lista Nielsen PublishNews: pequeno detalhe que faz a diferença
PublishNews, Leonardo Neto, 08/08/2017
Nova edição de ‘O alquimista’, publicado pelo selo Paralela (Companhia das Letras) estreia na lista que apura os autores nacionais mais vendidos em livrarias e supermercados brasileiros

Nova edição de 'O alquimista', de Paulo Coelho, estreia na lista Nielsen PublishNews | © Niels Akermann
Nova edição de 'O alquimista', de Paulo Coelho, estreia na lista Nielsen PublishNews | © Niels Akermann

O alquimista, o long-seller de Paulo Coelho, só seria destaque na Lista Nielsen PublishNews se, por alguma obra do acaso, ele ficasse de fora do rol dos livros escritos por autores brasileiros mais vendidos em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento espalhadas pelo território nacional. É uma raridade isso acontecer. Mas, em julho, um pequeno detalhe fez a diferença e trouxe Coelho à manchete desta nota. O ISBN agora é outro. É que Paulo Coelho está de casa nova. A sua obra, que antes estava na Sextante, foi transferida para o selo Paralela, do Grupo Companhia das Letras, pelo qual Paulo já tinha lançado A espiã, seu último título, publicado em 2016. A nova edição de O alquimista estreia na Lista, ocupando a 19ª posição da Lista de Ficção de julho.

Em Não Ficção, três estreantes merecem destaque: Na minha pele (Companhia das Letras), de Lázaro Ramos, na 9ª; Do zero ao milhão (Buzz), de Carlos Wizard Martins, na 14ª, e Todos contra todos (LeYa), de Leandro Karnal, na 17ª.

Larissa Manoela, já acostumada a divar na Lista de Não Ficção, emplacou os seus dois livros lá: O mundo de Larissa Manoela (HarperCollins), na terceira posição, e O diário de Larissa Manoela (HarperCollins), na 16ª. Mas julho marcou a sua estreia em Ficção. Bem... na verdade, não é exatamente, um livro de autoria da atriz, mas ela está na capa. Meus 15 anos (Rocco) –  romance infantojuvenil de Luiza Trigo publicado em 2014 que agora ganha nova capa alusiva ao filme estrelado por Larissa – estreia na lista Nielsen PublishNews na 7ª posição da Lista de Ficção.

Ainda em Ficção, destaque novamente vai para Marco Túlio, o menino por trás da série AuthenticGames (Astral Cultural). Ele emplacou os quatro títulos da série em boas posições da lista de Ficção (2ª, 3ª, 5ª e 6ª) e deu força para a Astral Cultural conquistar a primeira posição do Ranking das Editoras, com cinco títulos – além dos AuthenticGames, a Astral pontuou com O garoto do sonho, de Erick Mafra. 

Por falar no Ranking das Editoras, ficaram empatadas na segunda posição a Autêntica, Planeta e Sextante, com quatro títulos cada. Globo, Grupo Companhia das Letras e Rocco também subiram ao pódio, com três títulos cada. Gente, Grupo Editorial Record, HarperCollins, Somos e Vozes, com dois títulos cada, e Buzz, Ediouro, LeYa e Melhoramentos, com um, completam a lista de editoras que entraram na Lista Nielsen PublishNews em julho. 

[08/08/2017 11:14:00]