O efeito Flip na lista dos mais vendidos
PublishNews, Leonardo Neto, 04/08/2017
Lázaro Ramos volta a disparar na lista e Scholastique Mukasonga estreia. Grupo Companhia das Letras assume a dianteira do Ranking Geral das Editoras.

Passada a Flip, é hora de medir a sua força nas vendas de livros. Lázaro Ramos, um dos grandes destaques da Festa, viu seu livro – Na minha pele (Companhia das Letras) – subir na lista novamente e fechou a semana da Flip na terceira posição da Lista Geral, com 4.176 exemplares vendidos. A título de comparação, na semana passada, ele aparecia na quinta posição, com 2.255 exemplares vendidos. 

Scholastique Mukasonga estreou na lista com seus dois livros: A mulher de pés descalços e Nossa Senhora do Nilo, ambos publicados pela também estreante Nós | © Juliana Lubini
Scholastique Mukasonga estreou na lista com seus dois livros: A mulher de pés descalços e Nossa Senhora do Nilo, ambos publicados pela também estreante Nós | © Juliana Lubini

Em Ficção, Scholastique Mukasonga estreou na lista com seus dois livros: A mulher de pés descalços, na 14ª posição, com 648 exemplares, e Nossa Senhora do Nilo, na 20ª, com 404. Bom ressaltar que os dois títulos foram publicados pela Nós. O feito marca não só a estreia da autora ruandesa como a da editora na lista dos mais vendidos do PublishNews. 

Lima Barreto – triste visionário (Companhia das Letras), a biografia de Lilia Schwarcz sobre Lima Barreto já não é novidade na lista, mas apareceu ocupando a nona posição da Lista de Não Ficção, ao vender 760 exemplares. O biografado foi homenageado e a biógrafa abriu a Flip nesse ano. Na semana passada, o livro aparecia na 15ª posição da Lista de Não Ficção, com 491 cópias vendidas.

Não que seja um milagre, mas o destaque da lista é Milagres (Globo), livro escrito pelo jornalista Rodrigo Alvarez para comemorar os 300 anos de aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida, que estreou na lista fazendo um estardalhaço. Ocupa a segunda posição da Lista Geral, com 4.442 exemplares, perdendo apenas para Sapiens (L&PM), que ganhou novo fôlego na semana passada depois que Yuval Noah Harari, o autor, participou do programa Conversa com Bial, da TV Globo. Sapiens vendeu, nessa semana, 5.102 cópias.

Outro livro que merece destaque é Rebeldes têm asas (Sextante), de Rony Meisler e Sergio Pugliese. Foram vendidos 3.200 exemplares na semana, o que garantiu ao estreante a primeira posição da lista de Negócios.

Nos números gerais, houve crescimento de 13% no volume de vendas se comparado com a semana passada. Maior crescimento no segmento de Não Ficção, que apresentou 44% de aumento nessa semana. Negócios também veio com boa performance, com aumento de 25% no volume de vendas na comparação com a semana passada. 

Mudança radical no Ranking Geral das Editoras. O Grupo Companhia das Letras disparou e veio parar na primeira posição na semana ao emplacar 14 títulos. Sextante, que estava na liderança até a semana passada, ficou na segunda, com 12. A Planeta completa o pódio, com oito. Na corrida pelo Prêmio Avena PublishNews de Editora do Ano de 2017, a Sextante continua na liderança, com 62 títulos na Lista Anual.

Tags: Flip 2017
[04/08/2017 09:30:00]