Publicidade
Publicidade
Outros jeitos de vender poesia
PublishNews, Carlo Carrenho, 30/03/2017
Sucesso de livro da Planeta mostra porque marketing e editorial deveriam ser um único departamento

Nos idos de 1996, eu aluguei um carro em Londres e dirigi até Stirling na Escócia – não sem antes me confundir com direção ao contrário, arrancar o retrovisor e explodir o pneu em uma rua estreita da capital inglesa. Meu destino era a Universidade de Stirling, que tem um renomado Mestrado em Editoração que eu sonhava em cursar. Marquei um bate-papo com dois professores do departamento e fui muito bem recebido. No fim, não deu certo estudar lá, mas aprendi uma lição preciosa naquela conversa.

Eu fui para a terra de William Wallace acreditando que uma editora devia ter quatro áreas de trabalho: editorial & produção, vendas, marketing e administrativo. Saí de lá descobrindo que eram apenas três. “Marketing e editorial para nós é a mesma coisa. Não há como dissociar os dois departamentos, e nosso curso é baseado nesta premissa”, explicou um dos professores. A bolsa não saiu, eu fui parar no Radcliffe Publishing Course (hoje na Columbia University) no outro lado da poça, mas as lições ficaram ­– tanto de como dirigir na Inglaterra como de que marketing e editorial devem ser irmãos siameses no negócio do livro.


Nos últimos dias um case muito interessante ilustra como a intersecção entre marketing e editorial pode ser fundamental para o sucesso de um livro. E – pasme! – funciona até com poesia. No início do mês, a Planeta lançou o livro Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur, um livro de poesias com temática feminista e uma sensibilidade bela e profunda sobre a questão da mulher. O timing foi perfeito, já que 8 de março é o Dia Internacional da Mulher. Mas a editora não parou por aí. Em uma ação integrada entre editorial e marketing, a Planeta conseguiu que cinco atrizes globais lessem trechos do livro para um vídeo promocional (acima). Vale observar que Luisa Arraes, Cris Vianna, Debora Nascimento, Andrea Horta e Mariana Xavier não cobraram cachê. A qualidade do vídeo resultou de uma visão conjunta do marketing e do editorial para sua realização, como o formato e edição do vídeo (marketing) e a escolha perfeita dos trechos e atrizes (editorial) demonstram. Resultado: quando o vídeo foi divulgado no Facebook, em 8 de março, o livro subiu de uma posição perto da 5 mil para o 13º lugar na lista de mais vendidos da Amazon. Nas últimas três semanas, o livro ficou entre a 200ª e a 1.500ª posições.


Ontem (30), 22 dias e 81 mil visualizações depois, a youtuber Jout Jout divulga um vídeo espontâneo (acima) onde elogia o livro de Rupi Kaur. Isto aconteceu porque a equipe da Planeta havia entrado em contato com a vídeomaker brasileira para convidá-la a gravar um trecho do vídeo de divulgação internacional do livro. Jout Jout confessa em seu vídeo que era a primeira vez que havia lido um livro inteiro de poesia. E – surpresa – o livro que ontem estava na posição 590 na Amazon, chegou hoje à segunda posição. Além disso, também é o segundo livro mais procurado no Skoob nesta sexta-feira. Toda esta ação com a Jout Jout foi mais uma vez uma ação conjunta de marketing e editorial, segundo o informa o pessoal da Planeta, e é muito interessante observar 21 anos depois como aqueles professores escoceses estavam certos.

E, vamos combinar, é um livro de POESIA! Como disse certa vez o escritor e poeta Don Marquis, “publicar um volume de poesia é como largar uma pétala de rosa no Grand Canyon e ficar esperando o eco”. Bom, no caso de Outras jeitos de usar a boca, graças à uma ação marqueteiro-editorial (assim mesmo, com hífen, bem pertinho), vai ser possível ouvir um eco, ainda não no Grand Canyon, mas pelo menos na Grand Amazon.

Carlo Carrenho é o fundador e CEO do PublishNews. Formado em Economia pela FEA-USP, especializou-se em Edição de Livros e Revistas no Radcliffe Publishing Course, em Cambridge (EUA). Atualmente é advisor da Bookwire e da BR75, além de embaixador no Brasil da plataforma de acessibilidade Bookshare. Como especialista no mercado de livros, já foi convidado para dar palestras e participar de mesas em países como EUA, Alemanha, China, África do Sul, Inglaterra e Emirados Árabes, entre outros.

É co-coordenador do curso MBA Book Publishing, da Casa Educação em São Paulo, depois de coordenar por diversos anos o curso de pós-graduação da FGV-RJ sobre o negócio do livro. Sempre atento aos novos modelos de negócio e às mudanças tecnológicas, Carlo possui um de seus focos na questão dos livros digitais e segue com afinco o que acontece no setor digital no Brasil, tanto que é autor do capítulo brasileiro do livro Global eBook: a report on market trends and developments.

Carlo é paulista, mas vive no Rio de Janeiro. É cristão, mas estudou em escola judaica. É brasileiro, mas ama a Suécia. Enfim, sua vida tende à contradição. Talvez por isso ele torça para o Flamengo e adore o seriado Blue Bloods.

[31/03/2017 11:26:00]
Publicidade

A Primavera Literária, o mais tradicional das editoras independentes no Brasil, é um evento que contribui para a movimentação da atividade econômica do setor editorial, para a democratização da leitura e para a discussão de políticas públicas para Livro e da Leitura. Haverá programação cultural com temáticas efervescentes e as crianças serão contempladas com o Espaço Infantil Clube Quindim estreando este ano. O evento é gratuito, não fique de fora!

Leia também
Em sua coluna, Carlo Carrenho indica os eventos imperdíveis para os profissionais que forem a Frankfurt
Carlo Carrenho traz em sua coluna suas impressões bastante pessoais sobre as atividades do PublishNews e sua participação na Flip
Carlo Carrenho explica seu ceticismo em relação ao rumor publicado n'O Antagonista
Segundo matéria da Publishers Weekly, a gigante de Seattle termina 2017 entre as cinco maiores redes norte-americanas em número de lojas
O colunista Carlo Carrenho compara os resultados de 2016 das duas maiores pesquisas do mercado brasileiro de livros
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Todas as sextas-feiras você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
Em sua coluna, Henderson fala sobre a sua preocupação de que a atual onda de censuras difusas a exposições chegue, em breve, ao mercado editorial
Como editores e profissionais da ideia podem prosperar em tempos em que a informação parece não valer nada?
André Palme já está na Alemanha para a sua terceira Feira de Frankfurt e ele aproveita para compartilhar algumas dicas para quem também vai acompanhar o evento
Todas as sextas-feiras você confere uma nova tira dos passarinhos Hector e Afonso
Ao escritor, interessa colocar em cena o sofrimento humano.
Miguel Sanches Neto
Escritor brasileiro
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar