Brasileiros são indicados ao Impac Dublin Award
PublishNews, Leonardo Neto, 27/11/2014
Adriana Lisboa, Bernardo Kucinski, João Almino e João Paulo Cuenca representarão o Brasil no prêmio

Adriana Lisboa, Bernardo Kucinski, João Almino e João Paulo Cuenca são os brasileiros indicados ao prêmio Impac Dublin Award. Eles concorrem ao prêmio de € 100 mil. O resultado da primeira peneira rumo ao prêmio será divulgado em abril, quando o número de 142 indicados será reduzido a dez finalistas. O prêmio é concedido a romances publicados em língua inglesa (valem traduções). Cristovão Tezza foi o primeiro brasileiro indicado ao prêmio, com O filho eterno (tradução de Alison Entrekin). Depois de Tezza, o Brasil foi representado por Adriana Lisboa, Chico Buarque, Luiz Alfredo García-Roza, Milton Hatoum, Patrícia Melo e Paulo Coelho. Lisboa, Kucinski, Almino e Cuenca estão no páreo ao lado de Chimamanda Ngozi Adichie (Americanah); Neil Gaiman (The ocean at the end of the lane); Robert Galbraith/J.K. Rowling (The cuckoo’s calling); Elizabeth Gilbert (The signature of all things); Khaled Hosseini (And the mountains echoed); Stephen King (Doctor Sleep); Rachel Kushner (The Flamethrowers) e Donna Tartt (The goldfinch). Veja abaixo quais obras dos brasileiros foram indicadas ao prêmio.

Adriana Lisboa, com Azul corvo (Crow Blue, tradução de Alison Entrekin)

Bernardo Kucinski, com K. (K., tradução de Sue Branford)

João Almino, com Cidade livre (Free City, tradução de Rhet McNeill)

João Paulo Cuenca, com O único final feliz para uma história de amor é um acidente (The Only Happy Ending for a Love Story is an Accident, tradução de Elizabeth Lowe) 

[27/11/2014 01:00:00]